Advogado compara Leo Lins a Adolf Hitler e pede a prisão do comediante

Leo Lins
Leo Lins vira alvo de processo após “piada” com judeus (Imagem: Reprodução / SBT)

Um comentário de Leo Lins no programa Pânico na última terça-feira (17), provocou a revolta da Federação Israelita do Rio de Janeiro (FIERJ). O contratado do SBT comparou o movimento que judeus praticam diante do Muro das Lamentações, em Jerusalém, com o gestual dos autistas.

“Fiquei preocupado em não poder fazer nenhuma característica do autista quando fui a Israel. Cheguei lá e vi um monte de judeus balançando e falei ‘vão ter que cancelar os judeus’, Hitler até tentou”, disparou no programa. A fala motivou o processo da federação contra o comediante.

Advogado da Fierj, Ary Bergher conversou com o F5 e lembrou que Lins já promoveu piadas de cunho ofensivo em outras ocasiões. “Leo Lins é um reincidente. Não posso por conta da liberdade de expressão incitar pessoas a praticar discriminação, a pregar o ódio, a morte, ensinar como explodir uma casa. A liberdade de expressão é limitada”, afirmou.

“Sob o mando de fazer piada, ele incute subliminarmente a discriminação racisl com os mesmos parâmetros e iniciativas que foram utilizados por Adolf Hitler, tanto que quanto Hitler inicia o genocídio, começa pelos deficientes mentais”, recordou.

Em vídeo no dia 13 deste mês, Leo causou polêmica envolvendo judeus e a conta de luz do Rio de Janeiro. “Subir a conta de luz no Rio de Janeiro no verão é o mesmo que subir a conta de gás na Segunda Guerra”, comparou. Em outro momento, afirmou que fez um show na Alemanha e que o cinzeiro era assento preferencial para judeus. “Era pequeno, mas cabia uns dezoito”. A frase fez alusão aos judeus mortos na câmara de gás que tinham os seus corpos incinerados durante a 2ª Guerra.

“Leo Lins atinge de forma cruel, é covarde. Ele traveste o humor com a intenção de compelir a quem o assiste a difundir a ideia de eugenia de Hitler. Isso é muito grave, muito perigoso. Há limites e hoje em dia a conscientização das pessoas é muito maior. Se não há interrupção desse tipo de ataques, violências e excessos verbais, isso é encampado pela sociedade”, manifestou Ary.

Confira:

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›