Aguinaldo Silva se rende à Netflix e destaca streaming à frente de Record e SBT

Aguinaldo Silva
Aguinaldo Silva faz análise sobre audiência da Netflix (Imagem: Divulgação / Globo)

Aguinaldo Silva não escondeu nos últimos meses sua simpatia por séries e, mais recentemente, pela Netflix, que se tornou uma poderosa concorrente para os canais da TV paga e para parte da TV aberta, como Record e SBT. O autor, fora da Globo desde o início do ano, se manifestou sobre o que chamou de “viciados em séries”.

O veterano destacou dados obtidos pelo jornalista Ricardo Feltrin, do UOL, sobre a audiência do último mês de junho. Das 7h às 23h59, de cada 100 televisores no país, 32 estavam sintonizados na Globo, e 15 estavam nos serviços de streaming, entre eles a Netflix.

O serviço on-demand ficou na frente da emissora do bispo Edir Macedo, do canal de Silvio Santos, e da Band, respectivamente, na pesquisa divulgada neste mês, o quinto desde o início da pandemia do novo coronavírus.

“O que isso significa? Que a Netflix e suas congêneres neste momento, em termos de audiência no Brasil, só perdem mesmo para a emissora de Jacarepaguá, ex-Jardim Botânico… E a tendência é de crescimento”, avaliou Aguinaldo Silva, se referindo ao futuro embate entre Globo e Netflix.

Em março, semanas após sua saída do canal da família Marinho, o famoso revelou em entrevista ao jornalista Flávio Ricco que estava “trabalhando numa série” de oito capítulos. “O Cara na Encruzilhada. Ela foi escrita originalmente no ano 2000 e permaneceu inédita nos meus arquivos – nunca a apresentei a nenhuma produtora de conteúdo”, contou ao colunista.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.