Alexandre Frota revela ter indicado ex-autor global como secretário de Cultura

Alexandre Frota
Alexandre Frota revelou que indicou ex-autor da Globo para o governo Bolsonaro (Imagem: Reprodução Twitter – Record / Montagem – RD1)

Hoje deputado federal por São Paulo, Alexandre Frota (PSDB) surpreendeu os seguidores ao reclamar por não ter uma indicação para a área da cultura atendida pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido). O nome, inclusive, tem passagem importante pela Globo.

No Twitter, Frota revelou que indicou o nome de Carlos Lombardi ao governo, mas, sofreu interferência. “Iniciamos 2019 indicando Carlos Lombardi, um dos maiores autores de novelas e especiais para o cargo de secretário de Cultura”, revelou.

Em seguida, o ex-ator pornô citou a recusa e criticou a atual situação da área no país. “Mais técnico impossível [Lombardi] e Osmar Terra [atual Ministro da Cidadania] interferiu. Hoje, a cultura estaria respirando e não estaria um caos como se encontra no momento”, disparou.

Lombardi está longe da TV desde 2013, quando escreveu Pecado Mortal, na Record. O sucesso do autor foi na Globo, onde assinou títulos como Uga Uga (2003) e Quatro Por Quatro (1994). Uma possível volta ao canal, inclusive, não é descartada.

Alexandre Frota reage após filho mais velho entrar no mundo pornô

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) se manifestou pela primeira vez após o filho mais velho, Mayã Frota, ser visto como uma das estrelas de um site pornográfico de conteúdo pago.

No Twitter, o político não perdeu a oportunidade e alfinetou o filho por uma polêmica do passado. No período das eleições de 2018, o jovem revelou que tinha uma péssima relação com o pai e citou, como crítica, a vida do galã como ator pornô.

Desta vez, os papéis se inverteram. Alexandre, em tom debochado, ironizou a vida do filho no mundo pornô. “Filho de Frota vira ator pornô na Bélgica. Engraçado que até janeiro passado ele reclamava e criticava“, escreveu.

O parlamentar lembrou que Mayã achava um absurdo ser filho de uma ex-estrela de filmes para maiores 18 anos. “Agora sou eu que sou pai de um ator pornô. O mundo dá voltas. Ainda não assisti, mas vou ver se ficou bom“, avisou.

CONTINUE LENDO →

João Amaro acompanha o mundo da TV e Famosos, assiduamente, desde 2008. É jornalista formado, tem experiência no jornalismo digital, passagens por vários veículos de comunicação, mas se achou no RD1. No Twitter, ele é @_joaoamaro.

ALERTAS GRATUITOS