Alexandre Nero revela falta de esperança na humanidade

Alexandre Nero
Alexandre Nero detonou a atual realidade do Brasil (Imagem: Divulgação / Globo)

Intérprete do protagonista de Filhos da Pátria, série da Globo que se passa nos anos 30, momento que o Brasil iniciou a era de Getúlio Vargas e enfrentou muitas revoluções, Alexandre Nero falou sobre o estado presente do país e comparou com o período em que a trama se passa.

A grande graça e desgraça da série é que nós nos identificamos com ela. Tudo que acontecia na época em que se passava é exatamente como acontece hoje. A graça é que nós vemos que tudo está igual, e a desgraça é essa também. Não evoluímos“, afirmou Nero, em entrevista à coluna de Leo Dias, do UOL, durante o lançamento da segunda temporada da série.

“O passado está escancarado no nosso futuro. Mais do que nunca no futuro do Brasil. Se continuarmos como estamos chegaremos logo em 1930”, completou o ator.

Sem fé em mudanças, Nero disse: “Não tenho esperança nenhuma no nosso país. Para começar eu não tenho esperança nem na humanidade. Acho que a humanidade é algo que deu errado. A população está dormindo e gosta de dormir. Não vai acordar tão cedo. É aquela coisa: o gigante acordou, virou de lado e dormiu de novo”.

Ao ser questionado se pensa em sair do Brasil, o ator disparou com ironia: “Se eu pudesse saia do planeta. Dá para ir pra marte? O mundo inteiro está numa vibe péssima. Não adianta só sair do Brasil“.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.