Aliada de Bolsonaro, Record alerta para eficácia da Coronavac e faz campanha pela vacina

Record
Christina Lemos defende a vacinação no Jornal da Record (Imagem: Reprodução / Record)

Christina Lemos defendeu a Coronavac na Record, emissora aliada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), e falou didaticamente sobre a eficácia da vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica Sinovac.

Durante o Jornal da Record da última terça-feira (12), a âncora apresentou os dados sobre a vacina brasileira e deu três razões para a vacinação com o imunizante brasileiro.

Após uma matéria sobre a Coronavac, Lemos esclareceu: “Se você tomar a vacina do Butantan, primeiro: você estará livre de desenvolver a forma mais grave da doença, logo, ficará livre também do risco de internação”.

“Segundo: você tem quase 80% de chance de não desenvolver nem a forma leve da doença, que também requer assistência Terceiro: se você tomar a vacina, poderá no máximo desenvolver sintomas muito leves da Covid-19, e não vai precisar de ajuda para superar a doença”, completou.

A jornalista reforçou que os dados apresentados foram os responsáveis pela eficácia geral de 50,4% da Coronavac. A Anvisa vai aprovar ou não o uso emergencial da vacina no próximo domingo (17), em reunião virtual.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›