Ana Paula Minerato faz acusações sérias contra Aline Mineiro, confinada em A Fazenda 2021

Ana Paula Minerato e Aline Mineiro
Ana Paula Minerato faz acusações sérias contra Aline Mineiro, confinada em A Fazenda 2021 (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Aline Mineiro foi uma das confirmadas em A Fazenda 2021, que estreou nesta noite de terça-feira (14). Quem não gostou nada dessa novidade foi Ana Paula Minerato, que esteve na oitava e na nona temporadas do reality show da Record.

Saiba tudo sobre A Fazenda na cobertura do RD1

Em seu perfil do Twitter, a ex-panicat detonou Aline e caprichou nas ofensas: “Fora Aline Mineiro! Será que ela vai ser a falsa que ela foi no Pânico? Nojo, nojo. Falsa, presepeira, mentirosa. Tirando a vaca, o elenco tá top”.

Nem tudo é biscoito, tem muita coisa que é real! Não foi escrota só comigo, eu tô aqui falando, mas teve problema com muito mais gente. Falsa, cínica e aproveitadora”, continuou Ana Paula, dizendo que tem muita coisa ruim para falar da rival.

Raissa Barbosa ficou curiosa e disparou: “Conta a fofoca toda, se não mata nós de curiosidade”. A ex-Fazenda insinuou — no Instagram — que Aline Mineiro acabou com o casamento de um humorista do SBT e ela é justamente namorada de Léo Lins, que tem a mesma profissão e trabalha na mesma emissora, no The Noite.

Ana Paula Minerato soltou o verbo sobre o que elas viveram juntas: “Me acusou em um programa ao vivo de dar em cima do namorado dela da época, que era um produtor do Pânico. Eu a considerava uma ‘amiga’ lá dentro, tinha todo respeito do mundo por ela, e do nada ela virou outra pessoa, fazendo essa acusação porque estava tomando um pé na bunda do cara”.

Esse foi o problema comigo, mas teve muito mais lá dentro, coisas até piores com outras meninas. Ela é total do mal”, finalizou a loira, causando o maior rebuliço na rede social.

Confira:

MAIS LIDAS

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›