Ana Paula Padrão posa de maiô e expõe machismo durante carreira

Ana Paula Padrão
Ana Paula Padrão chamou a atenção com foto (Imagem: Divulgação / Band)

Longe da agitação dos centros urbanos, Ana Paula Padrão está curtindo as férias em Paraty. Ao posar de maiô, aproveitando o dia de sol, a apresentadora fez uma reflexão sobre a “censura” que sofreu para que se comportasse de forma mais “séria”.

A jornalista, que foi âncora dos maiores telejornais do país, desabafou ainda sobre quase ter caído na armadilha de que precisava ser discreta, com pouca vaidade, para ser bem-sucedida na profissão.

Conversando com amigas mais novas e bem-sucedidas em suas carreiras, mulheres que admiro e que tenho como exemplos, compreendi o quanto ainda carregamos, inconscientemente, em censura e desconforto quando se trata de autoimagem. Vamos falar de mim: caí, um sem número de vezes, na armadilha do ‘pra ser competente tem que ser séria’. No dicionário machista, séria é igual a vestida-dos-pés-à-cabeça, sem sorrisos, sem vaidades“, definiu Ana Paula através do Instagram.

A comandante do MasterChef ainda ressaltou que os movimentos feministas mudaram sua visão do que é ser “mulher ideal”.

Essa persona tem que ser mais austera, menos bem-humorada, mais sisuda. Ela não usa cores fortes, não tem pernas, não usa salto agulha e nunca vestiu um biquíni na vida! Ela não é uma mulher equilibrada, não tem vida pessoal, não se diverte e, se já passou dos 50, como eu, ficou invisível. Pode ser muito eficiente. Pode ser produtiva. Contanto que seja invisível. Bom, agradeço aqui a todos os movimentos, individuais e coletivos, de mulheres, que trabalharam para nos dissuadir dessa patrulha cultural – em especial o movimento feminista negro“, complementou.

Confira:

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, especialista em Comunicação Organizacional, apaixonado por café, crônicas e um bom papo. Encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo.
Veja mais ›