Âncora da GloboNews recorda acidente ao falar sobre Rodrigo Mussi

GloboNews
Erick Bang, da GloboNews, fala sobre Rodrigo Mussi (Imagem: Reprodução / GloboNews)

Apresentador da GloboNews, Erick Bang recordou o acidente que sofreu em 2021 ao falar sobre o estado de saúde do ex-BBB Rodrigo Mussi. O influenciador digital foi vítima de um grave acidente de carro na Marginal Pinheiros, em São Paulo, na última quinta-feira (31).

Na reportagem, o canal de notícias da Globo trouxe novas informações sobre o estado de saúde do ex-participante do BBB 2022 e destacou que acidentes provocados por motoristas que dormiram ao volante, de 2014 a 2020, atingiu 22 mil feridos.

Os dados foram fornecidos pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego. “Eu faço parte desse índice dos 22 mil feridos. Há cerca de 1 ano sofri um acidente de trânsito, também estava em um carro de aplicativo, só que eu perdi a memória no momento do acidente”, comentou Erick Bang.

Veja Também

“Não sei o que foi que aconteceu, só sei que um carro pegou de lado. E como o Rodrigo eu também não estava de cinto de segurança no banco de trás e isso é uma coisa que chamou muito minha atenção depois do acidente”, desabafou.

“Ainda bem que consegui voltar ao normal, fiquei só com uma cicatriz, mas a importância do cinto de segurança também no banco de trás, né? Que pode evitar muita coisa. E agora a gente torcendo também pela recuperação do Rodrigo”, desejou.

Rodrigo Mussi é vítima de acidente em SP

A Polícia informou que o motorista de aplicativo realizou o teste do bafômetro, no qual não foi constatada a ingestão de bebida alcoólica.

O caso foi registrado no 14º Distrito Policial, em Pinheiros. O acidente aconteceu na altura da Ponte Eusébio Matoso. O rapaz contou que usava cinto de segurança no momento do acidente e não se feriu.

Segundo informações preliminares, Rodrigo Mussi não estava com o cinto de segurança e foi arremessado para a frente do veículo, sofrendo fraturas pelo corpo, incluindo traumatismo craniano.

“Solicitei para ele colocar o cinto também, porém não tenho que ficar assim toda hora olhando pra trás pra ver se o cara tá de cinto ou não, é a cabeça do cara. E ele saiu de bombeiro, na maca, tudo, estava falando meio enrolado, mas por conta do álcool não estava com o diálogo muito bom”, relatou o condutor.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›