Anitta é surpreendida com prêmio e manda recado para Silvio Santos

Anitta
Anitta festejou mais um prêmio (Imagem: Reprodução / Instagram)

Anitta demorou, mas não esqueceu de comemorar o prêmio que levou no Troféu Imprensa, do SBT, na categoria Cantora do Ano. O programa foi exibido na última quarta-feira, mas somente no final de semana a famosa foi às redes sociais agradecer a vitória.

Comprometida com a sua carreira internacional, ela aproveitou e mandou um recado a Silvio Santos. “Eita tô atrasada, acabei de saber que ganhei o troféu imprensa como melhor cantora“, disse a Poderosa.

Ainda em mensagem no Twitter, Anitta agradeceu ao dono do SBT. “Obrigada, sou uma grande fã sua”, escreveu a cantora.

Veja Também

A escolha da funkeira para vencedora da categoria não foi unânime. Isso porque, integrante do júri que define os vencedores, Sonia Abrão não escondeu a insatisfação com o prêmio da carioca em seu programa, A Tarde é Sua, da Rede TV!.

Inclusive, logo depois, a cantora disparou contra a apresentadora. “Ela não me odeia. Ela faz isso pra ganhar audiência.. Falar mal de quem tá bombando que nem minha Gigika [Gkay] que não tinha nem que ter dado tanto holofote pra essa senhora”, comentou.

Anitta se revolta com homofobia por parte de religiosos

Nos últimos dias, ela surgiu revoltada na web e mostrou toda sua indignação pelas declarações e atitudes homofóbicas por parte de religiosos.

“Não, não tenho paciência. Não existe religião, cultura ou bíblia que possa dizer pra um ser humano que Deus tá te pedindo pra repudiar os outros dessa maneira“, iniciou a artista no Twitter

“E não me mande respeitar alguém que não respeita os outros. PONTO. Se você não me respeita eu não te respeito de volta. E um beijo. Porque na minha religião e na minha cultura pode ter gay, travesti, trans, mulher com mulher…e aí, tá respeitando a minha? Então vai-te pro c*@#!”, disparou a cantora, que seguiu:

“Gente… de uma vez por todas. Repudiar LGBTQ+, desejar a ‘cura ou morte’, desejar o fim, a aniquilação de pessoas LGBTQ ou proibir pessoas LGBTQ+ de transitar num ambiente ou de serem eles mesmos NÃO É CULTURA. Não existe ‘respeite a cultura do outro’ porque isso não é cultura”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br
Veja mais ›