Antonia Fontenelle garante teste do sofá na Globo: “Se quer subir, dê”

Antonia Fontenelle
Antonia Fontenelle revela teste do sofá nos bastidores da Globo (Imagem: Reprodução / JP News)

Antonia Fontenelle não guardou a verdade ao ser questionada sobre o suposto teste do sofá na Globo. Segundo a atriz, candidata ao cargo de deputada federal na eleição deste ano, a prática era algo recorrente nos bastidores do canal líder de audiência.

“E os famosos testes, que todo mundo fala? Você já escutou falar?”, questionou Tuka Carvalho, apresentador do podcast Bulldog Show. Sem rodeios, a viúva do diretor Marcos Paulo surpreendeu os espectadores:

“Ah, claro. Tem sim, tem essas coisas. Quer dizer, tinha, não sei se tem mais, porque agora são novas pessoas, novos diretores, não sei muito como funciona. Mas aqueles diretores velhos, que estão agora só [contratados] por obra, eles bagunçavam o coreto!”.

Veja Também

Antonia Fontenelle esteve em novelas como Paraíso Tropical (2007) e Malhação (2009). “[É assim] desde os primórdios. Você quer subir, dê, meu amor”, disparou.

A artista garantiu que isso nunca aconteceu com ela. “Ninguém nunca quis comigo, gente! Eu é que queria pegar os patrões. Os patrões nunca quiseram me pegar”, revelou. “Meu marido é que era assediado, acho que também porque era um dos poucos heteros lá dentro”, entregou.

Antonia Fontenelle revela relação com Marcos Paulo

Na entrevista, a eleitora do presidente Jair Bolsonaro (PL) falou sobre a relação com o diretor, morto em 2012. “O combinado não sai caro, desde que ele me avisasse não teria problema. Eu olhava e analisava, porque às vezes a gente via o perigo né, aí eu iria me aborrecer”, disse.

“Eu só quis assumir ele seis meses depois, quando íamos jantar e vinha paparazzi, eu levantava e ia embora, ele se sentia afrontado, porque a mulherada daria a perna e um braço para estar ali, para no dia seguinte sair na Playboy”, recordou.

Em contato com a IstoÉ, Antonia negou o relacionamento aberto: “Eu nunca tive relacionamento aberto com o Marcos Paulo. O que eu disse na entrevista é quando as mulheres davam em cima dele, ele vinha me falar e eu falava pra ele: ‘Se você quiser ficar você fica, desde que eu saiba’, logo não tem traição, isso é diferente de relacionamento aberto”.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›