Ao vivo, Datena alfineta William Bonner e dá bronca no Brasil Urgente

Datena
José Luiz Datena alfineta William Bonner ao vivo na Band (Imagens: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

José Luiz Datena soltou o seu veneno contra William Bonner e a imprensa durante o Brasil Urgente da última sexta-feira (21). Até a produção do programa da Band foi alvo do apresentador, que criticou os seus colegas de emissora ao vivo.

O momento sincerão do veterano veio à tona após a notícia de que o preço do café subiu e que os consumidores optaram por marcas mais baratas no supermercado. Mas a palavra não tão comum no programa popular o deixou irritado.

Com preços em alta, consumidores optam por marcas mais baratas… Optam… O que é isso, optam? Optam? Isso aí é pro ‘Jornal Nacional’. Não põe isso não, optam… optam… Coloca lá pro Willian Bonner, com aquela barba dele lá. Optam, optam…“, ironizou.

Foi quando Bonner virou alvo do contratado da Band. Ele recordou a vez em que a imprensa noticiou que pela primeira vez na história de um telejornal de bancada, um âncora se levantou.

William Bonner é um grande jornalista, mas, um dia, ele ficou em pé (no JN). Parece que a humanidade tinha começado a andar com ele. Eu já estava em pé há mais de 15 anos e ninguém falou que eu fazia jornal em pé“, comparou aparentemente magoado.

No dia em que ele ficou em pé no ‘Jornal Nacional’ esse bando de puxa saco falou ‘William Bonner ficou em pé na televisão brasileira’. Parece que a humanidade já começou a andar ereta pela primeira vez naquele dia“, debochou Datena.

No mesmo programa, José Luiz Datena partiu para a ignorância com sua produção por causa de uma reportagem. Ele mostrou uma matéria sobre um senhor aposentado e perguntou aos parceiros se eles tinham arrumado um médico para operar o idoso.

Ontem, falei sobre o drama do seu Adalberto, aposentado que gasta quase tudo que tem comprando remédios para sobreviver. Vocês conseguiram arrumar um médico pra conseguir operar o joelho dele? Não conseguiram? Senão vou ligar pro Neto, Lucas, Paulo“, avisou. “Vocês já foram atrás do médico?“, questionou ele.

Sobrou até para o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Vocês não foram atrás no médico para operar o homem? Então eu vou ter que ir atrás do médico então. Quando eu peço pra fazer uma coisa, faz, pô. Eu não sou político que fica prometendo coisa não. Nós estamos parecendo o governo, pô!“, detonou.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›