Ao vivo, Patrícia Poeta confessa medo de agulha ao falar sobre vacinação

Patrícia Poeta
Patrícia Poeta confessa medo de agulha ao vivo no É De Casa (Imagem: Reprodução / Globo)

Patrícia Poeta contou no É De Casa deste sábado (10) que tem fobia de agulha. A apresentadora da Globo admitiu o problema e por isso não publicou o momento da sua vacinação nas redes sociais. Ela, no entanto, garantiu que tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

O assunto veio à tona quando Manoel Soares comentou sobre as vacinas para deixar os telespectadores atentos sobre a importância das duas doses do imunizante no braço. “Vocês viram que a gente falou mais cedo sobre Coronavac, agora eu quero dar um toque pra vocês: é importante que você fique ligado, mas ligado demais no calendário de vacinação na região onde você mora”, disse.

“Você sabe como tá esse calendário pra você? Pra pessoas que tão à sua volta? Quem não tomou a segunda dose não pode deixar essa oportunidade passar, não é brincadeira, né, Pati?”, questionou ele, que passou a bola para a colega.

“Não, é super importante que todos tenham a consciência, é com a vacina que a gente vai sair dessa situação, que ainda é grave. Eu mesma já tomei a minha vacina no ‘bracito'”, afirmou.

Soares chamou imagens do momento da vacinação de Ana Furtado, Cissa Guimarães e Rodrigo Hilbert, apresentadores do É De Casa. Foi quando Patrícia Poeta explicou a razão por não ter revelado sua foto:

“Que todo mundo possa ir se vacinar e se aceite, né? Mas olha, cê viu que faltou a minha fotinho ali, né? Eu poderia contar qualquer coisa, né? Dar uma justificativa poética nessa manhã, mas eu vou ser sincera com você: eu tenho fobia de agulha. Eu faço uma cara horrorosa, seja pra tirar sangue, tomar vacina, tomo todas as vacinas que eu preciso, mas enfim”.

“Eu não consigo olhar [a aplicação], e eu faço uma cara feia. Como diz meu filho: ‘Que mico!’, mas é uma questão de fobia mesmo, não consigo olhar, fiquei devendo essa foto, porque não seria uma foto inspiradora. Importante é que eu tô imunizada”, salientou. O Brasil já superou a marca dos 530 mil mortos pela Covid-19.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›