Ao vivo, repórter da Globo é interrompida por manifestante

Globo
Repórter da Globo, Laura Cassano foi perturbada durante link ao vivo no SP2 (Imagem: Reprodução / Globo)

O SP2 da última sexta-feira (14) começou com o protesto de um manifestante durante a participação da repórter Laura Cassano. A contratada da Globo falava sobre os primeiros blocos de Carnaval nas ruas de São Paulo quando foi interrompida.

Assim que Carlos Tramontina terminou a escalada da segunda edição do telejornal local, o âncora chamou pela jornalista, ao vivo da Praça da República, região central da cidade.

Quando ela soltou as primeiras informações da folia em Sampa, um homem surgiu com um jornal na mão, no qual se via estampado os rostos do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia Paulo Guedes.

Laura estava encerrando sua participação e, quando chamou uma reportagem sobre detalhes dos blocos de rua da capital, o homem praticamente apoiou o rosto no ombro da repórter e gritou: “Fora, Bolsonaro!“.

Assustada, ela se esquivou do rapaz e o câmera tirou os dois do quadro. Após a reportagem, Tramontina explicou o ocorrido. “Vocês viram que a nossa repórter estava informando sobre o desfile de Carnaval no centro da capital, trabalhando, e teve o trabalho interrompido, atrapalhado, por um invasor“, descreveu o jornalista, visivelmente irritado.

Confira:

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WordPress Lightbox