Após 8 meses, Geraldo Luís volta à TV com o A Noite É Nossa e revela expectativas

Geraldo Luís
Após 8 meses, Geraldo Luís volta à TV com o A Noite É Nossa (Imagem: Reprodução / Record)

Geraldo Luís está de volta à TV aberta. O apresentador dá às caras em sua nova atração, o A Noite É Nossa, nesta quarta-feira (20). Ao vivo, a novidade na programação da Record vem com vontade de abocanhar uma fatia da audiência jovem, mas com uma releitura de atrações do passado.

“Estamos muito confiantes neste projeto, que foi idealizado por mim, pelo Geraldo [Luís] e pela Record com o objetivo claro de resgatar a essência dos programas de auditório, de volta à tela da TV”, disse o diretor João Scortecci.

O apresentador, por sua vez, revelou que vai promover um “encontro” entre vários programas que fizeram sucesso no passado. “Vamos trazer antigos programas, mas com uma releitura nova. O cenário ficou a coisa mais divina, mais televisiva e mais maravilhosa”, ressaltou.

Sobre o atual momento de pandemia, Geraldo aproveitou para destacar as medidas que a emissora vem adotando para trazer o auditório presencial. “Quando eu entrei no cenário, pensei em como fazer televisão sem o povo? A Record, neste novo momento da televisão brasileira, criou uma forma de trazer as pessoas. Vai ter um palco e na frente, teremos outro palco. Uma coisa linda. Uma inovação”, garantiu.

O contador de histórias reforçou que não abandonará o título e trará personagens marcantes e histórias interessantes para sua atração, mas de forma mais concisa. “Teremos um programa um pouco mais curto, mas vai ser um programa me que as pessoas poderão rir e se emocionar. Como televisão tem essa magia do conjunto, estou tendo uma equipe maravilhosa com o Silvio Santos Cover, o Mução, o Caroço [ex-Programa do Ratinho], o Rodolfo [Carlos], que terá um novo parceiro, mas que não poderemos contar. O anão Marquinhos estará comigo. Vamos ter esta dinâmica e esse rodízio de pessoas”, ressaltou.

Geraldo Luís revelou de quem se lembra quando o assunto é inspiração para apresentar programas na TV. “Vai ter Silvio Santos, Flávio Cavalcanti, Chacrinha, Bolinha”, disse.

João explicou como será a releitura das atrações de auditório. “O que estamos fazendo é pegar a essência desses programas e dar uma cara nova com tecnologia, interatividade. Mas a ideia é atrair o público jovem para eles entenderam que essa é a essência da TV brasileira e que a gente pode apresentar isso de uma maneira jovem com transmídia e com participação nas redes sociais. Temos um desafio enorme com as gerações distantes uma das outras”, destacou.

Geraldo ainda explicou que vai fazer uma entrada ao estilo de Xuxa Meneghel com sua nave, como nos tempos de Xou da Xuxa. “A Xuxa não tinha aquela nave? Eu vou ter uma entrada triunfal”, brincou o comunicador.

Programa de temporada

Geraldo contou que a atração será por temporada, mas que não descarta a vontade para que se torne fixo na Record. “Se um dia este programa sair das quartas e ficar segunda, quarta e sexta, ou segunda, terça e quarta, quinta e sexta, primeiro que estará dando audiência e lucro. A gente torce e vou lutar pra isso, pra que vire grade pra dar resultado pra todo mundo”, contou.

Inicialmente, é um programa de temporada. Foram encomendados 14 episódios em homenagem à TV apresentando isso pros jovens através de uma releitura mais tecnológica, mas em um primeiro momento, o A Noite É Nossa é um formato de temporada”, destacou João.

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Reuber DiirrReuber Diirr
Reuber Diirr é formado em jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Com passagens pela Record News ES e TV Gazeta (Globo/ES), é apaixonado por televisão e acompanha as coletivas de imprensa com matérias exclusivas em vídeos com os artistas para o RD1. Além disso, produz conteúdo multimídia com as principais informações dos famosos para o Instagram, Twitter, Facebook e Youtube do RD1. Acompanhe os eventos com famosos clique aqui!
Veja mais ›