Após fala polêmica de Mario Frias, Regina Duarte apoia auxílio para a classe artística

Regina Duarte
Regina Duarte se manifesta sobre auxílio Aldir Blanc (Imagem: Reprodução – Globo – Instagram / Montagem – RD1)

Regina Duarte compartilhou uma mensagem no Instagram na última quarta-feira (1º), em que deixou claro o seu lado a respeito do auxílio emergencial para a classe artística. Ao contrário do atual secretário Especial de Cultura, Mario Frias, a ex-chefe da pasta não vê o dinheiro como uma esmola.

“Uma vez cultura… sempre cultura. Parabéns, deputados, senadores… Parabéns, presidente Bolsonaro…”, afirmou a ex-contratada da Globo, sem nenhuma menção ao seu sucesso no cargo do Governo Bolsonaro.

A veterana comemorou a lei sancionada e deixou no ar que foi uma das auxiliares do governo que defendeu o dinheiro para ajudar os colegas. “Que o auxílio emergência para o setor possa enfim se achar ‘na boca do caixa’ como vínhamos sonhando”, declarou.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou a lei na última segunda-feira (29). O auxílio de R$ 3 bilhões para o setor cultural não foi bem avaliado por Frias, que em entrevista ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) considerou a ação como esmola.

“Artista não quer esmola. A maioria que eu vejo diz: ‘Me deixa trabalhar’. Não quero auxílio”, afirmou. A nova lei ganhou o nome do compositor Aldir Blanc, morto no início de maio entre as vítimas do novo coronavírus.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›