Após veto da Globo para novela sobre tráfico, ex-autora da Record tenta vaga às 19h

Globo
Cristianne Fridman envia nova sinopse de novela para a Globo em busca de vaga (Imagem: Reprodução / Record)

Cristianne Fridman vai tentar pela segunda vez uma vaga em um dos horários das novelas da Globo. A ex-autora da Record quer emplacar uma produção na faixa das 19h depois do veto da direção do canal carioca para uma trama forte às 21h.

Há algumas semanas, saiu a informação que a alta cúpula disse não para Cristianne Fridman. Ela fez uma proposta com foco em um folhetim com o mundo do tráfico como pano de fundo.

A novelista, que iniciou a carreira no Plim Plim e depois fez sucesso na emissora do bispo Edir Macedo, ofereceu outra história para o horário atualmente ocupado por Fuzuê, de acordo com as informações do jornal O Globo.

Sem contrato fixo, Cristianne Fridman tenta vaga na Globo após acumular sucessos na Record

Enquanto funcionária da Record, Cristianne esteve à frente de Bicho do Mato, Chamas da Vida e Vidas em Jogo. Além delas, Vitória, Jezabel, Topíssima e Amor Sem Igual, a última produção fora do mundo das produções bíblicas.

Na Globo, Fridman fez parte da equipe de duas temporadas da novela Malhação. A profissional ainda esteve como colaboradora de Coração de Estudante (2002).

Vale lembrar que para 2024 a emissora líder de audiência escolheu apenas autores homens para suas novelas. Entre eles: João Emanuel Carneiro, Mauro Wilson, Daniel Ortiz e Bruno Luperi.

Antes, a escritora foi responsável por Dona Anja, do SBT, entre 1996 e 1997, e roteirista do clássico Gente Inocente, da Globo.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].