Após Zeca Camargo, Globo prepare série de demissões na dramaturgia

Globo
Globo promoverá cortes na dramaturgia (Imagem: Divulgação / Globo)

Zeca Camargo foi dispensado pela Globo nesta quarta-feira (27), após 24 anos, e chamou a atenção de muito gente. No entanto, o apresentador não será o único deixar o casting da emissora.

Segundo informações do colunista João Batista Jr, da revista Veja, o departamento de teledramaturgia, comandado por Silvio de Abreu, será o mais afetado nos próximos dias. Outros setores, porém, também sofrerão com cortes.

A Globo tem seguido uma política de cortes de gastos que inclui a necessidade de administrar um elenco cada vez menor. Em comunicado para anunciar a demissão de Zeca, a emissora afirmou que tudo aconteceu de comum acordo.

No entanto, no ano passado, circularam boatos de que o canal teria tentado reduzir o salário do jornalista, que não teria aceito. Os rumores dão conta de que Camargo tinha um salário de R$ 300 mil por mês.

Em mais de 20 anos de contrato, o famoso teve passagens marcantes pelo Fantástico, Vídeo Show e No Limite. Nos últimos anos, ele era um dos apresentadores do É de Casa, exibido nas manhãs de sábados.

No Instagram, o artista declarou: “Levo as melhores lembranças desta parceria de 24 anos. Nessa colaboração, celebro a chance preciosa que tive de trabalhar num lugar tão aberto às boas ideias, onde elas ganharam espaço e repercussão”.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.