GloboNews
Ex-ministro de Lula e Dilma citou Roberto D’Ávila em delação premiada (Imagem: Reprodução / Globo)

Roberto D’Ávila, apresentador da GloboNews, teve seu nome relacionado na delação de Antonio Palocci, ex-ministro dos governos Lula e Dilma.

Segundo informações do site O Antagonista e da revista Crusoé, o comunicador serviu como intermediário e se ofereceu como “laranja” para arrecadar dinheiro para o filme “Lula, o Filho do Brasil”. A produção, cabe lembrar, contou a história do ex-presidente, atualmente preso pela Lava Jato.

A publicação informa que, no depoimento prestado à Polícia Federal em abril de 2018, Palocci disse que a empreiteira Schahin, que mantinha contratos com a Petrobras, se mostrou interessada em remunerá-lo em troca de ajuda na renovação de um contrato com a estatal.

O ex-ministro afirmou ainda que sugeriu que a Schahin contribuísse também com o Partido dos Trabalhadores. Ele, então, disse que, àquela altura, havia sido procurado por Roberto D’Ávila, por indicação do próprio ex-presidente ou de alguém próximo a ele, pedindo ajuda para arrecadar os R$ 5 milhões necessários para a produção do longa-metragem.

D’Ávila, ao ser procurado pela revista, desmentiu a acusação de Palocci. “Eu não fui laranja nenhum, eu fui produtor do filme. Fizemos a produção do filme e várias empresas contribuíram. Era 2008 e o Lula tinha 90% de aprovação. Aquilo era um negócio para nós”, declarou o jornalista.

Confira a repercussão:

Independente? CNN Brasil marca encontro inesperado com Bolsonaro

Ninguém esperava um encontro entre os sócios da futura rede de notícias, a CNN Brasil, e Jair Bolsonaro. O encontro não estava previsto na agenda oficial do presidente da República, que os recebeu nesta sexta-feira (18) à tarde.

A reunião contou com as presenças dos cabeças da nova empreitada: o empresário Rubens Menin e o jornalista Douglas Tavolaro.

A assessoria de imprensa da CNN Brasil comunicou que a reunião durou cerca de meia hora e os executivos apresentaram a Bolsonaro o projeto da nova emissora, destacando ainda o potencial que a rede televisiva pode gerar em empregos.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!