Apresentador da Record exibe vídeo do JH e detona Maju Coutinho em telejornal

Record
Paulo Alceu detonou Maju Coutinho e a Globo (Imagem: Reprodução/ Record)

Um apresentador da Record decidiu usar o espaço de telejornal para detonar a Globo. Para isso, Paulo Alceu usou uma notícia dada por Maju Coutinho, durante o Jornal Hoje, sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Tudo aconteceu no ND Notícias, da NDTV, quando o jornalista acusou a âncora da Globo de mentir ao falar sobre o evento Brasil Vencendo a Covid, que ocorreu em Brasília, na última segunda-feira (24).

Na reportagem, Maju Coutinho afirmou que o presidente e as autoridades do Governo não teriam prestado homenagens aos mortos pela Covid-19 e seus familiares. Segundo o telejornal da afiliada da Record, no entanto, a reportagem omitiu imagens de que uma médica da Bahia pediu um minuto de silêncio em solidariedade às vítimas.

“Eu estou até desconfortável no que eu vou falar agora, mas é uma realidade em que a gente não pode fugir em função até do nosso trabalho”, disse Paulo Alceu, antes de exibir o vídeo do Jornal Hoje, que compartilhou a mesma gravação publicada por Bolsonaro para atacar a Globo.

Em seguida, então, o apresentador da Record completou: “Não reverenciaram os mortos? Isso é mentira. Isso que é fake news. Dizer que não houve homenagem aos mortos pela Covid-19 por interesse em atingir a presidência da República é baixo, é trise e leviano. Isso não é jornalismo. Você pode até contestar a cerimônia, mas jamais deturpar as informações”.

“Eu trabalhei durante muitos anos na TV Globo. Foi uma escola, uma bela de uma escola, onde eu tive momentos inesquecíveis e fundamentais na minha carreira. Mas o que acontece hoje é um atentado ao jornalismo”, desabafou Paulo Alceu.

Apresentadora reagiu aos ataques

Na edição de ontem (25) do JH, após ser atacada pelo presidente, seus filhos e também os apoiadores nas redes sociais, Maju Coutinho esclareceu a situação.

“O JH noticiou que durante o evento ‘Brasil vencendo a covid’ nem o presidente Jair Bolsonaro, nem nenhuma autoridade do governo, prestou solidariedade às vítimas. Mas uma médica da Bahia, a doutora Raissa Soares, que não faz parte do governo, pediu um minuto de silêncio e o pedido foi respeitado por todos os presentes, inclusive o presidente”, declarou a jornalista.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.