Ariadna chora ao ver críticas sobre seu corpo e diz: “Chega uma hora que a gente cansa”

Ariadna
Ariadna chora ao falar sobre críticas envolvendo seu corpo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Ariadna Arantes, ex-participante do No Limite, usou seu perfil no Instagram para desabafar sobre as críticas que vem recebendo em relação ao seu corpo. A influencer rebateu os comentários maldosos e chorou ao relatar como é difícil passar por toda essa situação.

Vim falar sobre a última foto que eu publiquei, por onde eu venho recebendo vários comentários negativos por estar mais magra naquela foto. Uma foto de três anos atrás que publiquei hoje. Eu recebi muitas críticas quanto ao meu peso atual, por ter engordado. Algumas mulheres e alguns homens dizendo ‘o golpe tá aí’. Se estou gorda, mais clara, muito bronzeada, capenga, amputei uma perna, fiz o nariz, uma lipo, uma resignação sexual, independentemente do que qualquer pessoa faça no seu corpo, ou do que eu faça no meu corpo, isso é um problema absolutamente meu”, iniciou.

Em seguida, a ex-BBB explicou que está passando por um momento complicado na vida, sem trabalhar e tentando se readaptar ao Brasil, após passar um período morando no exterior:

“Nós não somos aço ou barras de ferro para ficar suportando tantos tipos de coisa. Vocês não sabem qual o momento que estou passando agora. Estou num momento da minha vida que estou voltando pro Brasil, sem minha gata, ainda estou aqui sem trabalho. Estou tentando me adaptar novamente a uma vida no Brasil. Completamente difícil me adaptar”.

Além disso, Ariadna ainda enfatizou: “É muito difícil conviver com essas pessoas que ficam o tempo todo ‘O que aconteceu com sua voz? Está mais grossa’. Já cansei de explicar que estou com problema na garganta. Estou sem agudo, vou precisar de tratamento. Já cansei de falar que engordei por mil motivos, por ansiedade, pandemia, problemas… chega uma hora em que a gente cansa dessa cobrança“.

A artista também falou sobre os questionamentos de sua participação em No Limite. “Vi comentários falando ‘Como pôde Boninho colocar isso no programa? Esse bicho, essa pessoa sedentária’, esquecendo que quem ganhou a primeira edição do No Limite foi uma mulher gorda“, declarou.

Não é só estrutura física que a gente precisa pra viver neste mundo. A gente precisa de cérebro também. E graças a Deus na minha participação no No Limite, eu dei muitas ideias, como colocar areia pra ficar mais fofo pra gente dormir, colocar árvore em volta da cabana para evitar mais vento e chuva, catar coco, catar lenha… fui muito ativa no meu grupo. Não fiquei parada. Não fui essa gorda que vocês estão me descrevendo e me apontando, que fiquei deitada o tempo todo sem fazer nada de bunda pro alto”, ressaltou.

Confira:

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›