As Aventuras de Poliana reage e escapa do terceiro lugar

As Aventuras de Poliana
Sophia Valverde, protagonista de As Aventuras de Poliana; novela esboça reação na audiência (Imagem: Divulgação / SBT)

Após amargar a terceira colocação entre segunda-feira (2) e quarta-feira (4), As Aventuras de Poliana esboçou reação na audiência nesta quinta-feira (5). A novela do SBT venceu a reta final de Topíssima, folhetim da Record. O bom desempenho impulsionou a reapresentação de Cúmplices de um Resgate (2015); na quarta, a trama também perdeu a vice para a reprise de O Rico e Lázaro (2017).

De acordo com dados obtidos na Grande São Paulo nesta quinta, As Aventuras de Poliana emplacou 9,6 pontos, 10,4 de pico e 13,8% de participação no número de televisores ligados (share); das 20h52 às 21h42, 8,6 para a Record. Já Cúmplices de um Resgate garantiu 8,1 de média, 9 de pico e 12% de share; entre 21h42 e 22h21, 6,1 para a principal concorrente.

Cabe lembrar que tanto Poliana quanto Cúmplices apresentaram queda dos números nos últimos meses, em razão do êxito de A Dona do Pedaço, na Globo. A emissora-líder segue bem com Amor de Mãe; o SBT, por sua vez, ainda não conseguiu “respirar com tranquilidade”. Em parte, por conta da nova grade da Record. Também pelo esticamento das duas novelas – a inédita deve chegar ao fim só em 2021; a reapresentação caminha para duração maior do que a original.

As Aventuras de Poliana, escrita por Iris Abravanel e equipe, narra a história de Poliana (Sophia Valverde). A menina perde os pais, tendo de se mudar para a casa da tia Luiza (Milena Toscano / Thaís Melchior). Com o “jogo do contente”, Poliana consegue melhorar a conduta de todos à sua volta – inclusive da tia, sempre irritadiça. Nos capítulos mais recentes, a garota descobriu seu verdadeiro pai, Pendleton (Dalton Vigh).

Já Cúmplices de um Resgate, também escrita por Iris, aborda o convívio das gêmeas Isabela e Manuela, ambas defendidas por Larissa Manoela. As duas, desconhecendo o parentesco, decidem trocar de lugar. Isabela descobre o afeto da mãe biológica, Rebeca (Juliana Baroni), enquanto Manuela experimenta os desmandos de Regina (Maria Pinna) – a vilã responsável pelo sequestro de uma das meninas, logo após o nascimento.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox