Às vésperas de reformulação, manhã da Record padece com o SBT

Record
Salcy e Sergio Aguiar no comando do Fala Brasil de sexta-feira (12); telejornal da Record sofre derrota na audiência (Imagem: Reprodução / Record)

O Fala Brasil, da Record, vai passar por mudanças nas próximas semanas. Mariana Godoy foi contratada para assumir o noticiário, ao lado de Sergio Aguiar, atual âncora. A reformulação vai de encontro ao desejo da emissora de ampliar a audiência de suas manhãs – hoje combalidas pelas atrações do SBT. Na última sexta-feira (12), por exemplo, o telejornal foi derrotado pelo Primeiro Impacto.

Dados obtidos na Grande São Paulo apontam que, das 8h29 às 10h, o Fala Brasil acumulou 3,6 pontos, 4,4 de pico e 12,7% de participação no número de televisores ligados (share). Na mesma faixa, 4,2 do SBT e 7,5 para a Globo. Salcy Lima e Sergio Aguiar responderam pelo jornalístico.

Antes, precisamente entre 6h e 7h30, o Balanço Geral Manhã alcançou 2 pontos, 2,9 de pico e 10,4% de share ante 3,3 do principal concorrente. Matheus Furlan esteve à frente do noticiário que, com a edição local, das 7h30 às 8h29, amealhou 3,2 pontos, 4 de pico e 12,7% de share versus 3,8 do segundo colocado.

Logo após o Fala Brasil, entre 10h e 11h45, o Hoje em Dia angariou 4 pontos, 4,7 de pico e 12,3% de share. Celso Zucatelli seguiu no comando da revista eletrônica, ao lado de Renata Alves; o titular Cesar Filho encontra-se hospitalizado, em decorrência do tratamento contra a Covid-19.

O primeiro programa da Record a anotar a vice-liderança na sexta foi o Balanço Geral SP, de Reinaldo Gottino: 7,1 x 6,1 de média do SBT com o primeiro bloco, das 11h51 às 14h41, e 8,9 x 5,2 no segundo, 14h44 às 15h20. A reprise de Escrava Mãe (2016) manteve o posto com 6,1 x 3,9.

O Cidade Alerta com Luiz Bacci atingiu 5,3 pontos entre 16h48 e 17h44. Aqui, 4,7 do principal concorrente, que inverteu o jogo nos minutos finais da versão nacional do noticiário – 6,6 x 6,4 de média, das 17h48 às 18h. A edição local, 18h às 19h55, retomou a segunda posição “no aperto”, batendo 7,8 x 7,7.

Cabe destacar ainda a vice do Jornal da Record (8 x 5,7), de Gênesis (12 x 6,8) e de Topíssima (2019), com um empate (5,9 x 5,9). O filme A Casa de Vidro (2001), em cartaz na Super Tela, empurrou a emissora para o terceiro lugar. Foram 4,4 pontos, 5,5 de pico e 8,3% de share; entre 22h49 e 00h29, 5,8 do SBT.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›