Assassino de Rafael Miguel cuidava de gado para se esconder da polícia

Rafael Miguel
Reportagem da GloboNews refaz trajeto do assassino de Rafael Miguel (Imagem: Reprodução / GloboNews)

Foragido, Paulo Cupertino se escondeu de 8 a 15 meses em um sítio na cidade de Eldorado, no Mato Grosso do Sul. Segundo uma reportagem do Edição das 18h, da GloboNews, o assassino do ator Rafael Miguel cruzou cidades de São Paulo e do Mato Grosso do Sul para não ser encontrado pela polícia.

Segundo a matéria, o pai de Isabela Tibcherani, então companheira de Rafael Miguel, conseguiu um emprego de cuidador de gados usando um nome falso, Manoel Machado da Silva. Disfarçado com uma barba branca enorme e boné, ele não foi reconhecido por ninguém.

No entanto, câmeras de segurança do sítio flagraram o criminoso, que fugiu no último dia 27 de outubro. Cupertino fugiu de São Paulo em junho de 2019. De lá para cá, ele passou por sete cidades com identidade falsa.

Em 28 de outubro, o mesmo telejornal da GloboNews informou de forma equivocada a prisão do assassino. “Estou recebendo informação do delegado-geral de polícia de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes, dizendo que a Polícia Militar ainda não apresentou o preso para a Polícia Civil do Paraná, dizendo que a polícia pode ter confundido identidades. Atenção”, pediu César Tralli.

O ator Rafael Miguel foi morto a tiros pelo sogro no dia 10 de junho do ano passado. Além do ex-ator de Chiquititas, os seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Mirian Selma Miguel, 50, também foram assassinados por Paulo Cupertino.

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com