Audiência da TV: Em baixa, SBT Brasil dá quase o mesmo que Triturando

SBT Brasil
Marcelo Torres e Márcia Dantas na bancada do SBT Brasil de sexta-feira (21); telejornal atravessa má fase em audiência (Imagem: Reprodução / SBT)

O SBT Brasil está em baixa… Além dos boatos acerca da saída de Rachel Sheherazade da estação de Silvio Santos, o telejornal vem registrando baixos índices de audiência. Na última sexta-feira (21), de acordo com dados aferidos na Grande São Paulo, o noticiário do SBT conduzido por Marcelo Torres e Márcia Dantas – substituta de Rachel às sextas –, quase empatou com o Triturando.

Foram 5,3 pontos para o SBT Brasil. O vespertino apresentado por Ana Paula Renault, Chris Flores, Flor Fernandez e Gabriel Cartolano atingiu 5,1 de média. Os índices do informativo foram inferiores aos de outras atrações exibidas em horários “menos nobre”: Bom Dia & Cia (6,4), Casos de Família com Christina Rocha (5,9) e as novelas O Que a Vida me Roubou (6,7) e Quando me Apaixono (6,4).

Pela manhã, 4 do Primeiro Impacto. Após o SBT Brasil, o Roda a Roda Jequiti anotou 7,8 pontos. O game-show de Rebeca Abravanel só foi superado, considerando todos os programas exibidos pelo canal na sexta, pelo Cupom Premiado do Baú (8,4). A reprise de Chiquititas (2013) angariou 7,3 de média. Já a reapresentação de Cúmplices de um Resgate (2015) amealhou 5,9.

O Programa do Ratinho alcançou 5,3 pontos. Em seguida, 5,2 de média para a Tela de Sucessos, destacando o filme Swap – A Troca (2016). Na madrugada de sexta para sábado, 3,8 do The Noite com Danilo Gentili, 2,6 para Operação Mesquita, 2,4 com a reexibição do Roda a Roda, 2,3 do repeteco do Triturando, 2,1 para Alarma TV e 1,9 com Crimes Graves.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.