Audiência da TV: Equívoco do SBT joga reta final de Poliana no limbo

Poliana
Sophia Valverde (Poliana) em As Aventuras de Poliana; reta final amarga baixa audiência (Imagem: Reprodução / SBT)

A novela As Aventuras de Poliana chega ao fim nesta segunda-feira (13). Foram 564 capítulos e mais de dois anos de exibição. A audiência, durante este longo período, rareou. Com os capítulos exibidos entre 6 e 10 de julho, a trama do SBT bateu recorde negativo de média semanal. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

Exibida mais tarde por conta da edição especial de Chiquititas (2013) – batendo de frente com o Jornal Nacional e a reprise de Fina Estampa (2011) –, ‘Poliana’ amargou 7,6 pontos. Foi o pior desempenho das 113 semanas de exibição do folhetim assinado por Iris Abravanel e equipe.

Cabe lembrar que As Aventuras de Poliana chegou a marcar 16 pontos numa das primeiras semanas de exibição (4 a 8 de junho de 2018). Os índices recuaram conforme o SBT estendeu a trama: entre 3 e 7 de junho de 2019, 11,3 de média; de 1 a 5 de junho de 2020, 8,3 pontos. A média mensal em junho de 2018 foi de 15,2 pontos ante 11,2 do mesmo período ano passado e 8,1 neste ano.

Apesar da queda nos números, ‘Poliana’ sai de cena com média geral superior as das três antecessoras. Até o capítulo 558, foram 11,2 pontos versus 10,5 de Carinha de Anjo (2016), 11 de Cúmplices de um Resgate (2015) e 11 de Chiquititas; apenas Carrossel (2012), com 12,4 pontos, supera o folhetim finalizado hoje.

As Aventuras de Poliana sai de cena com a promessa de regressar tão logo a pandemia de coronavírus permita. A equipe já rodava sequências da continuação, provisoriamente intitulada Poliana Moça, quando a covid-19 interrompeu os trabalhos. O elenco sofrerá alterações; a protagonista Sophia Valverde será mantida.

Ainda sobre os capítulos das novelas do SBT exibidos entre 6 e 10 de julho: Chiquititas atingiu 7,5 pontos, acima dos 7,3 anotados de 29 de junho a 3 de julho; a reexibição de Cúmplices de um Resgate manteve 6,8. Nas Novelas da Tarde, O Que a Vida me Roubou seguiu com 5,8 pontos, enquanto Betty, A Feia em NY – que se aproxima da reta final – oscilou de 5,8 para 5,6.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.