Augusto Nunes reage sobre possível candidatura de José de Abreu, que rebate crítica

Augusto Nunes
Augusto Nunes falou sobre a candidatura de José de Abreu (Imagem: Divulgação – Record – Globo / Montagem – RD1)

José de Abreu deu o que falar na semana passada ao anunciar que vai abandonar a carreira de ator e se candidatar ao cargo de deputado federal, pelo PT, no Rio de Janeiro. Em seguida, Augusto Nunes criticou o famoso e levou uma resposta.

No programa Os Pingo nos Is, da rádio Jovem Pan, o jornalista ainda alfinetou o artista, durante a edição da última quinta-feira (14).

“Ele interpreta o José de Abreu da vida real, na novela. Ele repete. Ele acha que vai se eleger, olha, essa é uma chance preciosa que o eleitorado carioca não vai perder. Eleitorado do Rio de Janeiro tem aposentado gente finíssima para a elite da cadeira”, iniciou ele.

Augusto Nunes completou: “Esses caras merecem uma temporada atrás das grades e eles vão fazer bonito lá. Alguns têm currículo de dar inveja a chefão do PCC. Vamos ver o José de Abreu, vamos ver ele na eleição. Vamos ver se ele convence alguém, só cafajeste volta nele”.

Em resposta ao vídeo do jornalista, o petista comentou: “A reedição do Jornal da Tosse! Me lançaram em rede nacional!”.

Filiado ao PT há anos, José de Abreu tomou uma decisão importante envolvendo a sua carreira de ator. O famoso declarou que abandonará a atuação para sair como candidato a deputado federal do Rio de Janeiro no próximo ano.

A informação foi divulgada pelo veterano à coluna de Mônica Bergamo, da Folha. Ele ressaltou que está animado com uma possível chapa envolvendo o Lula para presidente e Marcelo Freixo, que é do PSB, para governador do estado no próximo ano.

“A junção de Lula e Freixo é irresistível”, declarou o famoso. José de Abreu, porém, ressaltou que o ex-presidente é contra a ideia. “Ele acha que hoje, como ator da TV Globo, eu calço 47 [em influência e importância]. Se for deputado, vou calçar 33 pois serei do baixo clero do Congresso [ao se integrar a um colegiado em que será um entre 513 parlamentares]”, contou.

Ele, no entanto, disse que o amigo José Dirceu, que também tem muita força dentro do PT, votou a favor da candidatura. “Ele diz que, além de seguir calçando 47, vou somar os 33″, disparou o ex-contratado da Globo.

“Vou abrir mão da minha carreira, do que eu mais amo fazer ,que é representar, para ajudar o Lula a reconstruir o Brasil e o Freixo a reconstruir o Rio de Janeiro”, completou Zé de Abreu, que vai aparecer em breve na Globo.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›