Band garante corrida sprint da Fórmula 1 e busca turbinar audiência

Fórmula 1
Fórmula 1 ganha novo horário na Band após mudança de formato (Imagem: Reprodução / Band)

A Band conseguiu um ingrediente a mais na disputa pela vice-liderança aos finais de semana. Com a Fórmula 1 em sua programação desde o início do ano, o canal paulista percebeu um aumento de público nas manhãs de sábado e domingo graças ao campeonato.

Ao longo das últimas semanas, a Liberty Media bateu o martelo e definiu um novo formato da Fórmula 1 em pelo menos três finais de semanas do ano, com a estreia no Grande Prêmio da Inglaterra, neste domingo (18).

O novo formato foi colocado em prática ontem (16). Tradicionalmente, o final de semana de F1 é composto por três treinos livres, dois na sexta-feira e um no sábado, um classificatório, também no sábado, e a corrida, sempre no domingo.

O primeiro treino livre do GP de Silverstone aconteceu ontem, seguido pelo treino classificatório para a corrida sprint, a novidade da temporada. Na manhã de hoje (17), o segundo treino livre e, logo mais, a disputa da corrida curta de 100 km, um terço dos 305 km de uma corrida normal. Ela definirá o grid de largada para a corrida de amanhã. A Band abriu espaço na programação para a exibição da corrida curta.

O mesmo modelo será colocado em prática no GP da Itália, em setembro, e no GP de Interlagos, no Brasil, em novembro.

Audiência

Na Band, a Fórmula 1 tem conquistado boa audiência. No último final de semana, no GP da Áustria, o canal paulista foi vice-líder isolado com 3,8 pontos de média, 5,4 de pico e 11,5% de share (número de televisores ligados), das 9h30 às 11h53, diante de 3,6 do SBT e 3,3 da Record. A Globo liderou com 7,3 de média.

O GP foi marcado pela vitória de Max Verstappen, da Red Bull, que ampliou a liderança na briga com Lewis Hamilton, da Mercedes.

No final de semana anterior, no GP da Estíria, a vitória de Max Verstappen rendeu ao canal da família Saad o terceiro lugar isolado, atrás de Globo e SBT, mas na frente da Record.

Das 9h30 às 11h48, o grande prêmio conquistou 3,3 pontos, 4,7 de pico e 10,3% de participação no número de televisores ligados (share). Na mesma faixa, a Globo liderou com 7,3 de média. O SBT veio em seguida, com 3,9. A Record, então na quarta colocação, consolidou 3,2.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›