Bárbara Evans se irrita ao ser questionada sobre vaidade e sexo na gravidez

Bárbara Evans
Bárbara Evans se irrita ao ser questionada sobre vaidade e sexo na gravidez (Imagem: Reprodução / Instagram)

Bárbara Evans já está praticamente no quarto mês de gestação, depois de muito esforço e alguns apuros. Por mais uma vez ela se irritou com intromissões de internautas, que dessa vez foram questioná-la sobre a própria vaidade e até mesmo sobre sua rotina sexual.

Nos Stories do Instagram, a filha de Monique Evans foi bem clara sobre o que pensa dos haters: “Não acordei com paciência. O recado de hoje é: não gosta de mim, não me segue. Não manda mensagem para implicar comigo porque eu vou responder e vou te xingar, simples assim”.

Eu trabalho com a internet… Se eu for postar quantas vezes eu quiser e você não tem nada a ver com isso. Outra coisa, ‘grávida não usa preto’, grávida usa a cor que ela quiser, minha amiga. Pelo amor de Deus, até a cor da roupa que eu estou usando a senhora quer me controlar?”, continuou Bárbara, sem paciência com gente controladora.

Vida íntima

Logo depois, a modelo foi questionada sobre a vida sexual com Gustavo Theodoro, seu marido, e foi precisa ao explicar porque isso não virou uma questão:

A gente está aceitando as mudanças, porque a gente está vivendo um sonho. Antes disso tudo acontecer, a gente planejou ter essa criança. É vontade de ambos. É uma questão de planejamento, parceria e companheirismo”.

Bárbara Evans também esclareceu que por mais que sexo seja algo positivo, há muitas questões a se pensar em tempos de gestação, principalmente vendo tudo que passou:

Pra quem sonhou tanto com um filho, a relação sexual é muito necessária, mas diminui muito perto do que a gente está passando. Começa a virar uma consequência, não prioridade. Pra isso que a gente tem parceiro, pra que a gente converse e se entenda. Que a gente chegue num senso em que os dois estejam confortáveis”.

Mesmo com tudo, a famosa revelou que sua rotina íntima anda melhorando. Enfim, a esposa de Theodoro passou uma mensagem conscientizadora aos seguidores:

A gente não deve se forçar a ter relação sexual só por obrigação. Isso não existe. Tirem isso da cabeça de vocês. Conversem com seus parceiros. Eu tenho certeza que eles vão entender. Tá melhorando… Não tô reclamando, porque já estivemos pior. Não tá como antes, mas não vai ser assim tão cedo. Acho que assim funciona”.

Confira:

MAIS LIDAS

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›