BBB 2019
Maycon pode ser investigado dentro do BBB 2019 (Imagem: Reprodução / Gshow)

O delegado que cuida do caso envolvendo o participante Maycon e investiga supostos maus-tratos a animais e zoofilia (praticar sexo com animais), pode entrar no BBB 2019 e pegar o depoimento do brother.

Delegado titular da 32ª DP (Taquara), Maurício Mendonça encaminhou ofício à Globo solicitando imagens do participante do reality show para a apuração das acusações. À assessoria de imprensa da Polícia Civil do Rio, a autoridade também avaliou a necessidade de ouvi-lo imediatamente.

Acompanhe tudo que acontece no BBB 2019 clicando aqui

Maycon é acusado ainda de intolerância religiosa, assim como a Paula. A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro instaurou um inquérito e as “investigações estão sob sigilo”. As informações são do jornal O Globo.

Na quinta-feira (15), Tiago Leifert se manifestou durante o programa e afirmou que “os vídeos contendo as falas consideradas ofensivas foram enviados às autoridades competentes e estão em avaliação”. Dependendo da avaliação, medidas cabíveis serão tomadas pela direção do programa.

Entre as falas polêmicas de Maycon, uma delas assustou os outros confinados. “Já viu gato? Você coloca um adesivo do lado aqui no gato e ele fica andando assim… Nunca fez isso? Já amarrou bombinha no rabo dele?”, questionou.

Já Paula causou ao relembrar uma história de uma amiga que foi esfaqueada. “E aí eu pensei que ia chegar um faveladão lá, mas, quando eu vi, o cara era branquinho, morou não sei quanto tempo na Austrália ou no Canadá, não sei”, contou, na época.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!