BBB 2021: João Luiz critica postura de Juliette e Viih Tube concorda com opinião

BBB 2021
Viih Tube e João Luiz analisam atitudes de Juliette no BBB 2021 (Imagens: Reprodução / Globoplay)

Com a aproximação da reta final do BBB 2021, todos os participantes ficam cada vez mais preocupados com a formação do Paredão. No quarto do Líder, Viih Tube, João Luiz e Camilla de Lucas fizeram uma análise sobre algumas atitudes de Juliette dentro do jogo; uma delas foi observada pelas televisões do cômodo, quando a advogada estava conversando com outros brothers.

Saiba tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

A Juliette toma voto por causa disso. (…) A pessoa não ia nem votar nela e ela toma voto porque duvidou da pessoa achando que ia voltar nela“, comentou João.

Em seguida, Viih Tube concordou com o professor e relembrou uma conversa que a favorita teve com o grupo, afirmando que não estava sendo acolhida por eles. A youtuber citou ainda que, nessa situação, disse que a paraibana estava “sendo meio tonta” e ainda opinou:

Essa coisa de ela ir perguntando se a pessoa vai votar nela, avisar que vai votar na pessoa… Se ela não era opção da pessoa, ela vira. Se ela for agora perguntar, vai todo mundo votar nela. É burrice. Era isso que eu estava querendo dizer e foi isso que eu disse. Tem coisa que não se pergunta“.

Ouvindo as opiniões, Camilla deu seu ponto de vista sobre a situação: “Não acho legal isso, de ir na pessoa e perguntar“.

Em conversa com Pocah, Juliette ressaltou que está ameaçada essa semana: “Agora é que todo mundo vai querer se salvar. Jogaram uma boia e a gente está segurando na boia, a verdade é essa. Aqui dentro não tem uma pessoa que eu não goste“.

A maquiadora prosseguiu dizendo: “Então não leva as coisas pro pessoal. Ainda bem que você conversou com Camilla daquela vez e ficou tudo bem“. A cantora respondeu: “Sempre vai ficar tudo bem“. Ju ponderou: “Mas dói“. “Ainda mais quando a pessoa era uma prioridade sua“, complementou Pocah.

Juliette então relembrou algumas experiências que teve dentro da casa: “E eu ainda, tu viu? Duas vezes, pelos amigos. Eu dei uma de doida, que não doeu, mas doeu muito“.

Pocah então ressaltou que não consegue fingir quando há alguma insatisfação; a sister e então explicou: “Eu não fingi, não, mas eu aguentei, porque não tinha escolha. Ou eu aguentava ou eu ia sofrer duas vezes, pelo voto e pela decepção. Eu preferi sofrer só pelo voto. Mas… se eu tivesse me entregado à dor que eu estava sentindo, eu não olhava mais nem pra cara deles, de nenhum. Não vou fazer isso, porque eu vou me machucar também“.

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›