Beiçola de A Grande Família expõe colegas e revela como era tratado na Globo

Marcos Oliveira foi Beiçola em A Grande Família (Imagem: Divulgação / Globo)

Marcos Oliveira, que deu vida ao personagem Beiçola por 14 anos em A Grande Família, fez revelações inesperadas sobre os bastidores da série da Globo.

Depois de tantos anos, ele foi entrevistado pelo programa Cortes Podcast e disse que era tratado de forma diferente por parte do elenco de estrelas da emissora.

“Sempre fui tratado como ‘estamos ajudando o cara’. Eu sentia isso. Distanciado, as reuniões da ‘Grande Família’ eu nunca participava”, disparou.

Apesar disso, ele disse que superou: “Vamos deixar pra lá. Já foi. Não tenho contato com mais ninguém. Parece que saí da reencarnação sem nada”‘.

Sobre como foi convidado para o programa, o ator explicou: “Na época eu tava fazendo ‘Lisbela e o Prisioneiro’. Já estava com problema de saúde”.

“Estava com a colostomia, mas mesmo assim eu fui e trabalhei. Fiz muita participação no ‘Zorra Total’ com saco de colostomia também”, revelou.

Recentemente, Marcos enfrentou dificuldades financeiras por conta da pandemia e se mostrou aberto a novos convites para voltar a atuar:

“Única coisa que me faz viver não é querer saber da TV Globo. Isso é minha salvação. Não me interessa. Gosto do Multishow, das outras possibilidades, dessa coisa nova. Fazer teatro, fazer vídeos”.

O ator, inclusive, comoveu um grupo de fãs, que resolveu abrir uma vaquinha virtual em seu benefício. O famoso de 65 anos vive sozinho e está sem trabalho no momento.

Por causa da situação financeira, ele contava apenas com a ajuda de um amigo para as necessidades básicas nos últimos meses. A condição foi revelada no podcast “Só 1 minutinho”.

“Tenho um grande amigo que está na Europa e, de vez em quando, me ajuda comprando alguma coisa para eu comer. Um fã do interior de São Paulo fez uma vaquinha por lá e depositou um dinheiro para eu pagar minhas contas e ajudar na compra de comida também”, contou o ator.

Marcos Oliveira ainda explicou: “Sou sozinho, não tenho família. Vivo apenas com minhas três cadelas. Não me chamam para nada, para nenhum trabalho. Quero ter oportunidade de fazer outras coisas”.

A vaquinha virtual foi aberta no site Razões para Acreditar, nesta quinta-feira (27), e tinha como objetivo divulgado entregar R$ 30 mil para o veterano.

Segundo o site, ele precisa lidar com suas despesas, que incluem também seus problemas de saúde: ele tem diabetes e foi diagnosticado com uma fístula entre a próstata e a bexiga, que provoca infecções recorrentes.

O valor já foi ultrapassado. Na entrevista para o podcast, o intérprete de Beiçola ainda disse que acredita que as coisas possam melhorar quando ele se aposentar:

“Vou dar entrada nos meus papéis agora no fim do mês, quando completo 65 anos. Quem sabe aí eu possa morar num sítio, construir minha casinha, ter uma horta”.

“Mas não poderei parar de trabalhar. Só em farmácia gasto quase R$ 1 mil por mês”, finalizou Marcos, que em setembro do ano passado realizou um cateterismo após sofrer um infarto agudo do miocárdio.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›