Beth Goulart fala sobre livro que escrevia com Nicette Bruno e cita recuperação da irmã após Covid

Beth Goulart
Filha de Nicette Bruno, Beth Goulart fala sobre livro escrito com a mãe (Imagem: Reprodução / Instagram)

A pandemia da Covid-19 vem sendo um período muito difícil para Beth Goulart, assim como para boa parte dos brasileiros. Após a morte da mãe, Nicette Bruno, para a doença, ela tomou um susto após a irmã, Barbara Bruno, também testar positivo para o vírus.

A gente passa na vida por uma série de testes, e esse foi mais um enorme. Foi uma situação muito difícil, ainda mais depois de tudo o que passamos. Tivemos que ter muita fé. Uma coisa legal foi que, na época em que a minha mãe estava internada, fizemos uma corrente de orações enorme e que foi repetida com a Barbara. A minha irmã disse que sentiu essa força chegando até ela no hospital. Ela, graças a Deus, passou por todo o processo e está se recuperando em casa. Muita gente acha que saiu do hospital e está curada. Não é assim. No momento ela está fazendo fisioterapia”.

Como as duas são vizinhas, elas já chegaram a se encontrar após a alta hospitalar: “No início, nos falamos por videochamadas. E, agora que ela está um pouco melhor, fui visitá-la e vi que se recupera muito bem”, contou em entrevista à Patrícia Kogut.

A contratada da Record revelou ainda que está finalizando o livro Viver é Uma Arte, que começou a escrever com a mãe. “Às vezes a gente começa a fazer um projeto sem entender o porquê e nos surpreendemos. Começamos a escrever falando sobre o luto pela morte do meu pai e eu terminei falando também sobre a mamãe”.

Quase seis meses após a morte da matriarca, Beth afirmou que vem se sentindo mais forte com o passar dos dias:

“Eu estou tendo que aprender a ser a minha própria mãe. É um processo de fortalecimento interior. Quando perdemos alguém importante na vida aprendemos a vê-la dentro da gente. Esse processo todo acaba gerando um amadurecimento inevitável”.

Para matar a saudade, ela acompanha as reprises de Tititi e A Vida da Gente, que Nicette integrou o elenco. “Isso é uma coisa maravilhosa do artista. Ele consegue transcender a sua própria morte e continuar presente. Ver a minha mãe todos os dias na televisão é uma forma de estar mais perto dela. Principalmente em A Vida da Gente, em que a personagem tem muita semelhança com ela na vida real”.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›