Blogueirinha debocha do desabafo de Ludmilla e toma atitude após ser detonada

Ludmilla é ironizada por Blogueirinha (Imagem: Reprodução – YouTube / Montagem – RD1)

Ludmilla teve um dia difícil nesta terça-feira (19), por conta de sua indignação com o Prêmio Multishow, que não a colocou entre as indicadas ao prêmio de Melhor Cantora, e ela acabou sendo ironizada por uma famosa.

A humorista Blogueirinha, por meio do seu perfil no Twitter, fez uma sátira do desabafo em tom de deboche e disparou:

“Venho por meio deste tweet avisar a todos e ao Multishow que não me apresentarei mais no prêmio esse ano. Obrigada pelo convite mas não sou valorizada e prefiro não estar por educación. Tomara que chova!”.

“Sou a primeira blogueira cantora que consigo sobressair dentro da realidade que eu vivo. Mulher, trans, negra, humorista, blogueira. Tem ais de 1,9M em views em Zug Zug, mais de 600k streaming e tutupom!”, debochou.

“São os números que falam, e essa menina também”, disse ainda, sendo detonada pelos internautas e apagando as publicações logo em seguida. Entretanto, algumas pessoas foram mais rápidas e tiraram prints.

“Essa daí faz de tudo por fama e nunca consegue, só é Lembrada quando cita Ludmilla, pura chacota essa aí”, detonou uma internauta. “A Ludmilla é tudo aquilo que tu sonha em ter e que não tem”, reagiu outra.

Na premiação,  Anitta, Ivete Sangalo, IZA, Luísa Sonza e Marília Mendonça são as artistas que estão disputando o título principal. Ludmilla, por sua vez, aparece em Hit do Ano, com Deixa de Onda, e Clipe TVZ do Ano, com Rainha da Favela.

Em desabafo, no Twitter, a artista declarou que é “a primeira cantora negra da América Latina a acumular 1 bilhão de streams só no Spotify (hoje são mais de 1.5 bilhão de plays)” e tem “clipes que somam 2.5 bilhões de views”.

“Só esse ano lancei o numanice ao vivo, projeto que impactou a cultura brasileira e revolucionou o mercado do pagode de um jeito jamais visto, por ser uma mulher a frente do projeto, projeto que garantiu o vídeo musical solo mais visto de 2021 por uma cantora pop brasileira…”, destacou a artista.

A funkeira também afirmou: “Deixa de Onda, Pra Te Machucar, Gato Siamês, Apê 1001, o Lud Session então nem se fala, tá na boca do povo”.

“Desde quando ganhei a primeira vez e impactei todo o sistema por ser a primeira cantora negra a ser indicada e a vencer essa categoria em 26 anos de prêmio uma representante das minorias, uma cantora negra, bissexual, funkeira, periférica, nunca mais fui indicada na categoria Cantora do Ano“, desabafou.

Revoltada com a situação, ela disse ser vítima de boicote do sistema, mesmo que apareça em outras categorias da premiação do Multishow.

“É nítida a falta de reconhecimento e entendimento das (poucas) premiações que temos aqui no Brasil. Assim como eu, vários artistas de vários segmentos e bandeiras que mereciam ser indicados ou serem reconhecidos da mesma forma que entregam conteúdos para seus públicos e estão na mesma situação”, acrescentou ela.

Por fim, Ludmilla destacou que não irá se apresentar no evento deste ano. “Obrigada pelo convite, mas onde não sou bem vinda prefiro não estar só por educação. Boa festa a todos”, completou.

O RD1 procurou a assessoria do canal do Grupo Globo, que ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Confira:

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›