Bolsonaro compartilha vídeo antigo de Alexandre Garcia para defender cloroquina

Bolsonaro
Bolsonaro compartilha estudo antigo e defasado sobre cloroquina (Imagem: Reprodução / Globo)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou um vídeo do jornalista Alexandre Garcia comentando sobre um estudo sobre a cloroquina para justificar o usou do medicamentos e de outros remédios sem eficácia comprovada em um inexistente tratamento precoce para Covid-19.

O “capitão” compartilhou no Twitter um link para um artigo da revista The American Journal of Medicine que trata sobre o “tratamento ambulatorial precoce da infecção por SARS-CoV-2”.

Na publicação, a matéria fala sobre antimaláricos, medicamentos contra a malária, e cita a hidroxicloroquina e cloroquina, sistematicamente defendidas pelo político.

Com o link, Bolsonaro exibiu um vídeo onde o ex-jornalista da Globo e apoiador fiel do governo, sem apresentar evidências, diz que o tratamento precoce é “o que está salvando vidas no Brasil”.

O estudo foi publicado originalmente em 6 de agosto e, de lá para cá, dezenas de estudos já apontaram a ineficácia do uso de hidroxicloroquina, azitromicina entre outros contra a Covid-19.

O artigo não é um estudo clínico randomizado de duplo-cego, que analisa a eficácia de um tratamento em comparação com um grupo controle, e por isso não comprova nada.

O post recebeu um aviso do Twitter: “Este Tweet violou as Regras do Twitter sobre a publicação de informações enganosas e potencialmente prejudiciais relacionadas à COVID-19. No entanto, o Twitter determinou que pode ser do interesse público que esse Tweet continue acessível”.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›