Boninho surpreende e faz declaração sobre caso de Klara Castanho

Boninho
Boninho soltou o verbo sobre caso de Klara (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Boninho surpreendeu seus seguidores ao tomar uma atitude. O diretor da Globo não se segurou ao ver o relato chocante que Klara Castanho deu neste fim de semana.

publicidade

Na ocasião, a atriz se viu obrigada a relatar o estupro que sofreu, desenvolvendo uma gravidez indesejada, o que resultou na adoção do bebê.

No perfil do Instagram e do Twitter, o comandante do Big Brother Brasil compartilhou um vídeo da atriz em que ela fala sobre o quanto é difícil ser mulher no Brasil.

publicidade

Veja Também

Na legenda, Boninho mostrou todo seu apoio à famosa de 21 anos. “Meu apoio a doce @klarafgcastanho e meu repúdio a essa galera do mal que não tem limites para usar as pessoas para se promover”, disparou.

“Isso tem que acabar! Ninguém precisa disso. Querida Klarinha deixo aqui meu abraço“, completou.

publicidade

Klara Castanho faz forte desabafo sobre trauma

Em carta aberta, a jovem artista, de 21 anos, revelou que engravidou após ser estuprada e entregou a criança para adoção: “Esse é o relato mais difícil da minha vida. Pensei que levaria essa dor e esse peso somente comigo”.

“No entanto, não posso silenciar ao ver pessoas conspirando e criando versões sobre uma violência repulsiva e de um trauma que eu sofri. Eu fui estuprada”, disparou a famosa.

Castanho desabafou ressaltou que tomou a pílula do dia seguinte e até fez exames. “Mesmo tentando levar uma vida normal, os danos da violência me acompanharam. Deixei de dormir, deixei de confiar nas pessoas, deixei uma sombra apoderar-se de mim”, confessou.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Em um trecho, a famosa destacou que chegou a ser atendida por um médico que descobriu a gestação e foi responsável por um novo trauma:

“O médico não teve nenhuma empatia por mim. Eu não era uma mulher que estava grávida por vontade e desejo, eu tinha sofrido uma violência. E mesmo assim esse profissional me obrigou a ouvir o coração da criança, disse que 50% do DNA eram meus e que eu seria obrigada a amá-lo.”

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
publicidade
Guinho SantosGuinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.