Brasil x Chile coloca SBT à frente de Gênesis e Topíssima

SBT
Téo José, responsável pela narração de Brasil x Chile na Copa América; torneio faz SBT bater Record na audiência (Imagem: Reprodução / SBT)

O SBT conquistou a vice-liderança de audiência na última sexta-feira (2), conforme dados aferidos na Grande São Paulo, graças à transmissão de Brasil x Chile pela Copa América. A partida derrotou dois dos atuais sucessos da Record: Gênesis e Topíssima (2019).

No ar das 20h39 às 23h04, Brasil x Chile rendeu 11,6 pontos, 15,3 de pico e 17,6% de participação no número de televisores ligados (share). Neste período, 24,9 da Globo e 8,9 para a Record. Com a bola rolando, entre 21h e 22h56, a Copa América registrou 12,5 pontos, 15,3 de pico e 18,8% de share. Aqui, 24,8 para a Globo e 9 da Record.

O futebol no SBT marcou 11,2 ante 11 no embate com Gênesis. A vantagem foi ampliada quando a disputa futebolística enfrentou Topíssima: 13,5 contra 7,4. O jogo também garantiu 14,1 diante de 4,5 do Power Couple Brasil.

Logo após Brasil x Chile na Copa América, o Programa do Ratinho emplacou 7 de média. Na madrugada de sexta para sábado (3), o The Noite com Danilo Gentili atingiu 4,6 pontos, seguido pelos 3,1 do Operação Mesquita, os 2,4 da reapresentação do Conexão Repórter, os 2 para a reprise do SBT Brasil e os 1,8 com a série Longmire – O Xerife.

Todos os outros programas exibidos pelo SBT na sexta-feira ficaram atrás da Record. O Primeiro Impacto anotou 2,9 x 3,1. O Vem Pra Cá angariou 3,3 x 4,3. O Bom Dia e Cia. foi derrotado nos dois blocos, matutino (3 x 4,2) e vespertino (4 x 6,7). O Fofocalizando amealhou 4,2 frente 4,8 de média, enquanto o Casos de Família alcançou 5,5 versus 5,6.

As Novelas da Tarde ampliaram os índices, mas não inverteram o placar: 7,8 pontos para Coração Indomável e 7 de Amores Verdadeiros – 8 e 7,8 para a principal concorrente. O SBT Brasil acumulou 5,2 x 8,9.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›