Britney Spears afirma que é impedida de engravidar por causa de tutela abusiva

Britney Spears
Britney Spears afirma que é impedida de engravidar por causa de tutela abusiva (Imagem: Reprodução / Instagram)

Britney Spears está sobre a tutela de seu pai desde 2008, depois de uma péssima fase pessoal, mas até hoje luta para se desvencilhar dessa “prisão”. Dando esperança aos internautas do time “Free Britney”, a diva pop está nessa batalha judicial e contou que pretende ter um novo filho depois que tudo se resolver.

A cantora americana, na companhia de seus advogados, prestou um depoimento pela primeira vez nessa quarta-feira (23) e eles foram transcritos pelo TMZ. A revelação mais chocante é que ela é impedida de engravidar novamente ou se casar mais uma vez por causa dessa tutela: “Eu queria remover o meu DIU para engravidar, mas o tutor não me deixa porque não querem que eu tenha um filho”.

Britney confirmou o desejo de processar sua família e a tutora Jodi Montgomery, que cuida dela desde que Jamie Spears teve que ser afastado por causa de sua saúde em 2019. Ela qualifica essa guarda como abusiva e disse que se sente perseguida, como uma vítima:

As pessoas que fizeram isso comigo não deveriam poder sair impunes tão facilmente. Eles deveriam estar presos (…) A tutela nunca fez sentido. Eu pago dinheiro para as pessoas para elas me controlarem. Eu trabalho desde os 17 anos e essa tutela é abusiva. Sinto que não posso viver uma vida completa. Eu nem sequer acredito na terapia. Eu sempre achei que pudesse falar com Deus”.

A famosa pontuou que essa tutela não serve nem para proteger sua prioridade, já que os paparazzi a perseguem constantemente, como num caso em que foi fotografada chorando ao sair de uma sessão de psicoterapia, que inclusive desejaria fazer em casa.

Eles me fazem sentir como se eu estivesse em um programa de reabilitação e não na minha casa. Eu estou disposta a fazer terapia uma vez por semana porque sei que preciso fazer”, declarou Britney Spears, revelando que sua medicação contínua foi trocada por Lítio, de uso controlado e forte, comum no tratamento de pessoas bipolares, fazendo ela se sentir como se estivesse bêbada.

A artista explicou que nem sabia que poderia pedir o fim de sua guarda, nesses últimos 13 anos: “Eu achei que ninguém iria acreditar em mim. Eu achei que as pessoas iam rir e fazer piadas. É o meu desejo e meu sonho que tudo isso acabe, eu quero a minha vida de volta… Não é justo que estejam espalhando mentiras sobre mim, inclusive minha própria família”.

Até mesmo a juíza responsável pelo caso, agradeceu Britney pelo depoimento e constatou que foi preciso muita coragem para abrir o coração. Seu namorado, Sam Asghari, tem prestado todo apoio à amada e demonstrado isso nas redes sociais.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›