Bruna Surfistinha reage furiosa ao ser criticada por cobrar Bolsonaro

Bruna Surfistinha
Bruna Surfistinha rebate críticas por cobrar Bolsonaro (Imagem: Reprodução/ Instagram)

Bruna Surfistinha decidiu não ficar calada diante das críticas por cobrar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o repasse de mais de R$ 7 milhões que seriam destinados à Covid-19 no projeto Pátria Voluntária, da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Em rede social, a ex- garota de programa, que agora é escritora, empresária e Dj, foi detonado e criticada de que não teria “moral” para cobrar o presidente da República.

“Sou cidadã brasileira e pago meus impostos assim como qualquer outra pessoa. Tenho direito SIM de cobrar explicações e respostas do excelentíssimo presidente. Não entendo as pessoas que julgam falando que ‘Bruna Surfistinha não tem moral pra falar isso’. E qual a sua moral?“, reagiu ela.

Tudo começou quando ela questionou: “Ei @jairbolsonaro, pode me tirar uma dúvida? Por que você repassou R$ 7,5 milhões destinados a testes de COVID para um projeto da primeira dama?”.

Bruna, cabe lembrar, já foi alvo de Bolsonaro. Em 2019, o político declarou que não podia “admitir que façam filmes como o da Bruna Surfistinha”.

Na época, em entrevista ao jornal O Globo, Roberto Berliner, produtor do filme da ex-garota de programa, rebateu: “Vou continuar falando de prostituição e hipocrisia”.

Já no último dia 23 de agosto, Bruna Surfistinha foi xingada na internet por participar da mobilização que questionou Bolsonaro sobre os depósitos de Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.