Bruno Gagliasso luta na Justiça para encerrar sociedade em empresa

Bruno Gagliasso
Bruno Gagliasso briga na Justiça para revolver caso envolvendo sociedade empresarial (Imagem: Reprodução / Instagram)

Bruno Gagliasso, juntamente com seu sogro, o arquiteto Roberto Baldacconi, e o personal trainer Chico Salgado, tenta há anos encerrar uma sociedade que formou com Igor Morgado, que acabou morto em junho de 2018. Juntos, eles possuem a empresa MMA Fight 2 Night.

Porém, todo o problema é que a viúva do sócio falecido não é encontrada para resolver as questões judiciais. Em 2016, quando foi planejado, o negócio foi dividido por cotas de participação entre os integrantes: Morgado era sócio majoritário, com 49% da empresa, Bruno tinha 36%, Roberto 12% e Chico com 2%.

Segundo o Notícias da TV, os problemas na empresa começaram a surgir em 2018, quando os lucros e rendimentos da empresa não estavam sendo divididos da maneira que havia sido acertada. A ideia inicial foi então tirar Morgado da sociedade. Juntos, os outros três integrantes tentaram ajustar sua saída, mas ele teria se negado.

Com a morte do empresário em junho de 2018, ele deixou a sua mulher, Thais Pozzeti Miranda, como inventariante e responsável pelas ações da firma. Conforme o acordo firmado entre os quatro, a morte de um dos sócios “não resulta na dissolução da sociedade, que continuará suas atividades com os herdeiros, exceto se houver acordo para liquidá-la“.

Desde então, Bruno, Roberto e Chico tentam contato com a moça nos endereços disponíveis à Justiça, mas a viúva não aparece, nem tão pouco atende as ligações.

Já faz mais de quatro anos que o Bruno não quer mais fazer parte dessa sociedade. A viúva, detentora dos direitos do Igor, falava que tinha interesse de dissolver a parceria, mas nã]o conseguimos mais contato com ela. Estamos fazendo de tudo para tirar o Bruno disso”, disse o advogado de Gagliasso, Ricardo Brajtman, ao site.

Na ação, o artista pede que o juiz determine o recebimento da citação por Thais Pozzeti e que o magistrado julgue procedente o pedido para decretar a dissolução parcial da sociedade Fight 2 Night.

Em nota enviada pela assessoria de imprensa, Gagliasso destacou: “Após o falecimento do seu sócio, que foi quem levou Bruno a entrar no negócio, o ator pediu sua exclusão da aludida sociedade e não faz mais parte da administração e negociações diretas da empresa“.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›