Camila Pitanga surge sem roupa em foto e faz reflexão sobre isolamento social

Camila Pitanga surge sem roupa em capa de revista e faz reflexão (Imagem: Divulgação/ Globo)

Aos 43 anos, Camila Pitanga foi protagonista de um ensaio para a revista Marie Claire, realizado no meio da natureza em Barra do Una, litoral de São Paulo. Completamente nua, a atriz, que apareceu deitada nas águas de um rio, compartilhou o registro da capa da edição nas redes sociais e fez uma reflexão sobre o período da pandemia, em que ficou isolada na região paulista.

Barra do Una, 2020/2021. Falo esses dois anos porque foi em 2020 que eu de fato me encontrei com esse lugar. Mas foi em 2021 que a gente eternizou esse encontro”, começou a atriz, que continuou dizendo:

Pela natureza que me protegeu, me fortaleceu em meio a esse mundo que tá exigindo tanto da gente. Comungar com a natureza foi meu refúgio, meu escudo protetor. Com a ‘comunidade bacuri’, ou seja, amigos muito queridos que  me conectei naquela região”.

Em seguida, a estrela da Globo ainda relembrou quando contraiu malária junto com a filha Antônia, de 12 anos, na região.

Entre pessoas que eu não conhecia e outras que conhecia há muito tempo. Mas ali criamos um sentido de comunidade que foi muito importante pra atravessar essa pandemia. Foi lá que tive malária, foi lá que adoeci e foi lá que comecei os primeiros passos da minha peça Matriarquia. Foi lá que aprendi a cozinhar como nunca, foi lá que ouvi muitas músicas, li várias peças de teatro. Foi lá que fiquei assombrada e solidária com tanta dor“, prosseguiu.

A protagonista de Velho Chico (2016), sua última novela na Globo, finalizou dizendo: “Aqui estou eu exatamente nua e crua, nesta edição especial de 30 anos desta revista que conta também um pouco de minha história desde sempre”.

Durante a entrevista à revista, a artista listou algumas atividades que realizou durante o isolamento:

Durante a pandemia, dei continuidade a coisas que eu já fazia, como a gyrokinesis, uma prática que entende o corpo como uma espiral e cuja metodologia, a grosso modo, leva você a fazer movimentos de dobradiça usando cordas e molas. É incrível para organizar a coluna e para o tônus muscular e faço três vez por semana. Também pratico ioga iyengar [uma das modalidades de ioga], bem cedinho, duas vezes por semana e, quando voltei a morar no Rio, descobri uma nova paixão que é a natação. Só parei de nadar durante o lockdown mais severo. Mas acho que isso está no meu DNA, porque meu pai [Antônio Pitanga] é aquele tipo de pessoa que acorda às 5h30 da manhã para caminhar e faz isso todos os dias, já minha mãe gosta de dançar”.

Confira:

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›