Canal Viva exibirá Locomotivas e Cara & Coroa em 2021

Canal Viva
Lucélia Santos (Fernanda) e Aracy Balabanian (Milena) em Locomotivas; Christiane Torloni (Fernanda / Vivi) em Cara & Coroa: novelas estreiam no Canal Viva em 2021 (Imagens: Divulgação / Globo)

O Canal Viva já definiu as substitutas de A Viagem (1994) e O Salvador da Pátria (1989), que sequer estrearam. De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, Cara & Coroa (1995) e Locomotivas (1977) ocupam as faixas das 15h e das 14h15 em 2021. As duas novelas figuram, há tempos, entre as mais pedidas do canal – ao menos nas redes sociais.

Cara & Coroa tem lançamento previsto para 5 de julho. A trama assinada por Antonio Calmon compreende a troca de identidade das sósias Fernanda e Vivi (ambas defendidas por Christiane Torloni). A primeira é acometida por um AVC, quando está prestes a deixar a prisão; seu ex-cunhado e ex-amante Mauro (Miguel Falabella) a “substitui” pela segunda, interessado em tomar a fortuna do irmão, Miguel (Victor Fasano).

Em dado momento, Fernanda desperta do coma e passa a dividir sua identidade com Vivi. As duas buscam atrapalhar os intentos criminosos de Mauro e sua atual companheira, Heloísa (Maitê Proença), bem como corrigir os erros do passado, relacionados a Miguel e o filho Pedro (Thierry Figueira), que Fernanda também abandonou – assim como Rubinho (Luís Melo), noivo que ela deixou na porta da igreja.

A produção ostenta uma das melhores médias do horário das 19h na década de 1990; curiosamente, Cara & Coroa nunca foi reprisada.

Locomotivas, que deve estrear em 15 de novembro, ganhou reapresentação meses após a exibição original, às 13h30. E voltou à cena numa “edição especial”, às 18h, em 1986.

O primeiro folhetim a cores das 19h – recordista de audiência nos anos 1970 – se desenrola no salão de beleza de Kiki Blanche (Eva Todor), mãe de muitos filhos; apenas Milena (Aracy Balabanian), porém, é herdeira biológica. Os conflitos se acentuam quando Fernanda (Lucélia Santos) passa a disputar o viúvo Fábio (Walmor Chagas) com a irmã mais velha; o que ela sequer imagina é que Milena, na verdade, é sua mãe.

O enredo de Cassiano Gabus Mendes compreende também o português Machadinho (Tony Corrêa), que vive às turras com Fernanda. Também Netinho (Dennis Carvalho), cuja proteção excessiva da mãe, Margarida (Mirian Pires), inviabiliza o romance com Patrícia (Elizangela) – a música Filho Único, de Erasmo Carlos, marcou o personagem e a obra. O rapaz acaba envolvido por Celeste (Ilka Soares), amiga da família, mais velha do que ele.

Cabe lembrar que A Viagem inicia sua segunda passagem pelo Viva em 21 de dezembro. O Salvador da Pátria virá em 12 de abril do ano que vem, na sequência de Sassaricando (1987).

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com