Carlos Alberto de Nóbrega abre o jogo ao recordar mágoa de Sandy, Junior e Xororó

Carlos Alberto de Nóbrega
Carlos Alberto de Nóbrega desabafou sobre episódio (Imagem: Reprodução / SBT)

Carlos Alberto de Nóbrega soltou o verbo ao relembrar um episódio com Sandy e Junior nos bastidores do seu programa, A Praça é Nossa.

Em entrevista ao podcast Venus, o apresentador comentou o fato dos irmãos, que ainda eram crianças, tinham seguranças que impediam a circulação de pessoas no corredor do camarim que eles ficavam:

“É um mágoa que tenho até hoje. Sou muito rígido. Eles eram pequenos, foram convidados. Ficaram no camarim. Eu estava no estúdio gravando. Chegou uma notícia que estava problema no corredor, que os seguranças não estava deixando os artistas passarem”.

Veja Também

“Eu fui lá, conversei com eles: ‘Isso é um lugar de respeito, ninguém vai sequestrar as crianças, são nossos convidados. Podem ficar na porta’. Eram dois ignorantes”, disparou.

“Eu continuei o programa e de repente o Marcelo [de Nóbrega, filho de Carlos e diretor do humorístico] volta e fala: ‘Pai, eles não saíram’. Eu falei: ‘Então manda embora porque eles não vão fazer o meu programa’“, explicou.

“O Marcelo pagou por uma coisa que eu fiz. Porque no meu programa quem manda sou eu. Me arrependi? Sim, porque eram duas crianças. Em troca, eles nunca me perdoaram”, revelou.

Carlos disse que encontrou Xororó, pai dos artistas, 30 anos depois em um restaurante e se desculpou pelo episódio:

“Eu fui falar com ele: ‘Você não pode imaginar a tristeza que eu estou, queria pedir desculpas’. Ele falou: ‘Fiquei com vontade de dar um soco na cara do teu filho’. ‘Você devia dar, eu faria a mesma coisa. Não foram os teus filhos, foram aqueles dois cafajestes [seguranças] que estavam lá’. Por tudo que tem de mais sagrado que foi isso. Me arrependi? Sim, mas eles não perdoaram. Que pena”.

Carlos Alberto de Nóbrega revela último pedido de Hebe Camargo e se emociona

Durante sua participação no Podpah na noite da última quinta-feira (9), Carlos Alberto de Nóbrega se emocionou bastante ao falar sobre sua relação com Hebe Camargo (1929-2012). O artista falou sobre os últimos telefonemas que recebeu da amiga.

O comediante também contou que tentou fazer uma visita para a apresentadora no hospital em São Paulo, mas não teve autorização para entrar. Por conta disso, a artista ligou para ele e fez um último pedido. “Ela disse: ‘Não quero que você me veja feinha‘”, pontuou.

“A Hebe deixou saudade. Quando ele já estava ruim, ninguém podia vê-la. Ela não queria. Por coincidência, um tio estava internado no mesmo lugar. Então, vai que cola. Só que tinha um segurança da porta”, disse o apresentador.

Após sofrer uma parada cardíaca em setembro de 2012, Hebe Camargo morreu aos 83 anos de idade. Desde 2010, a estrela lutava contra um câncer no peritônio, membrana que envolve envolve os órgãos do aparelho digestivo.

“Ela me ajudou numa fase muito difícil da minha vida, em que estava com alguns problemas. Eu não ia a casa dela, mas ficávamos no telefone até duas horas da manhã”, afirmou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›