Carol Narizinho abre o jogo sobre uso de anabolizantes e revela problemas

Carol Narizinho
Carol Narizinho expõe uso de anabolizantes (Imagem: Reprodução / PlayPlus)

A ex-participante de A Fazenda Carol Narizinho ficou conhecida de fato por ser uma das Panicats do extinto Pânico na TV. Em entrevista à Quem, a loira desabafou sobre as cobranças que as assistentes de palco tinham para manter o corpo perfeito.

Por conta disso, a famosa chegou a fazer dietas excessivas e ao uso de anabolizantes, que trouxe problemas à saúde.

Toda semana antes de entrar no ar, o diretor ia no camarim, apontava os nossos defeitos na frente uma da outra, dizia quem estava gorda, com celulite… Uma vez, ele me falou, na frente de fãs, que eu estava com celulite e que a minha bunda estava cheia de buraco. Já o vi humilhar meninas por ter estrias ou por estar com o cabelo feio“, confidenciou.

Narizinho afirmou ainda que, com as cobranças, começaram a surgir algumas neuras sobre o corpo. “Tanto por causa do ‘Pânico’ quanto pelo Carnaval, sofria aquela pressão de estar com o corpo perfeito. Tinha que dançar e não ter uma celulite, ser durinha, perfeita… Entrei em muitas neuras. Comecei a fazer dietas absurdas, que me deixaram traumatizadas“.

Antes do ‘Pânico’, também fiz uso de anabolizantes porque queria o corpo dos sonho. Carrego até hoje os danos no corpo. A voz modificou, tive muita queda de cabelo, excesso de suor e espinhas. Meu joelho doía pelo excesso de carga que eu pegava“, revelou Carol, que hoje busca viver hábitos mais saudáveis.

A atriz ainda relatou o assédio que sofria na época, tanto dos fãs como dos bastidores da atração:

Hoje o público evoluiu muito e a gente consegue olhar para trás e ver o quanto era machista. Sofri muito machismo no programa e nas matérias que eles pediam para a gente fazer“.

Muitas pessoas julgavam que toda assistente de palco era garota de programa. Muitas fazem esse tipo de coisa para ganhar mais dinheiro mesmo. Recebi muitas propostas tentadoras principalmente na época do ‘Pânico’. Propostas milionárias que se eu tivesse aceitado estaria com uma vida de rainha hoje em dia. Mas nunca quis me sujeitar a isso. Não julgo quem faz, o corpo é dela e ela faz o que quiser“, contou.

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, especialista em Comunicação Organizacional, apaixonado por café, crônicas e um bom papo. Encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo.
Veja mais ›