Carolina Ferraz é afastada às pressas da Record e substituída por irmã de Patrícia Poeta

Carolina Ferraz
Carolina Ferraz contraiu a Covid será substituída por Paloma Poeta em programa da Record (Imagem: Reprodução – Record – Instagram / Montagem – RD1)

Carolina Ferraz não apresentará o Domingo Espetacular, da Record, neste domingo (19). A apresentadora será substituída por Paloma Poeta, que é irmã de Patrícia Poeta. Ela estará ao lado de Eduardo Ribeiro na revista eletrônica.

A decisão ocorreu porque a atriz testou positivo para covid-19. Esta será a primeira vez que Paloma assumirá o dominical, mas a jornalista já chegou a comandar o Fala Brasil, em 2021. Ela trabalha na Record desde 2015.

A irmã de Patrícia Poeta atua como repórter e também acumula participações na previsão do tempo do Jornal da Record, o principal da emissora paulista.

Veja Também

Carolina Ferraz chegou a deixar gravadas as chamadas das reportagens da edição deste fim de semana na quarta passada (15). O resultado positivo para a doença foi revelado nesta sexta-feira (17).

Carolina Ferraz faz revelação chocante envolvendo Pantanal

A apresentadora do Domingo Espetacular desde 2020 relembrou, recentemente, um episódio que aconteceu com ela nos bastidores de Pantanal, que foi sucesso na TV Manchete em 1990. A atriz revelou no Link Podcast que quase foi demitida da emissora ao recusar participar do folhetim quando recebeu o convite.

De acordo com a artista, ela disse ‘não’ ao diretor Jayme Monjardim quando foi chamada para viver a versão jovem da personagem Irma Braga. Com a recusa, um dos executivos da empresa a colocou contra a parede.

“Ele disse: ‘São apenas 16 capítulos, na primeira fase. Se você não fizer, está demitida’”, recordou. Carolina, então, decidiu aceitar e acabou fazendo parte da trama.

Ainda no bate-papo, a famosa falou sobre o assassinato de seu pai, Ladislau Noel Ferraz, em 1982. Na época em que tudo ocorreu, a atriz ainda era uma adolescente.

“Meu pai foi assassinado com seis tiros. Uma história muito violenta, trágica… Estouraram a cabeça do meu pai, uma loucura! Ele teve que ser enterrado com caixão fechado!”, recordou a apresentadora.

A titular do Domingo Espetacular ressaltou: “Foi um ex-sócio do meu pai, que devia dinheiro a ele. Aí começaram a se desentender por causa desse pagamento”.

“O cara [o assassino] não está vivo, infelizmente. Até infelizmente mesmo, pois não desejo mal nenhum a ninguém. Ele nem sequer foi a julgamento“, lamentou a artista, muito conhecida por trabalhos como Por Amor (1997) e Belíssima (2005).

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br
Veja mais ›