Chega Mais é alvo de decisão inesperada do Governo Lula 2 meses após estreia

Luiz Fábio Almeida

Revisado por: Luiz Fábio Almeida

11/05/2024

Chega Mais
Chega Mais é alvo de decisão do Governo Lula (Imagem: Reprodução / SBT)

Dois meses depois da sua estreia no SBT, o Chega Mais foi surpreendido por uma decisão inesperada do Governo Lula, por meio do Ministério da Justiça.

O programa comandado por Regina Volpato, Michelle Barros e Paulo Mathias foi obrigado a alterar a sua classificação indicativa. A atração passa a ser “não recomendado para menores de 12 anos”.

Até esta semana, o Chega Mais exibia na tela a classificação indicativa de recomendado para maiores de 10 anos. A mudança, segundo o Diário Oficial, ocorre em função de temas de violência.

O matinal do SBT, cabe ressaltar, dedica parte do seu tempo para o noticiário do momento. Por isso, a temática de violência acaba sendo constante na atração.

No final do mês passado, o SBT Podnight, que reúne vários podcasts famosos no YouTube, também foi alvo de uma decisão do Ministério da Justiça. Ele passou a ser recomendado para maiores de 14 anos. O SBT pretendia deixar a classiicação de “não recomendado para menores de 12 anos”.

Chega Mais enfrenta problemas

O programa das manhãs do SBT tem enfrentado dificuldade para conseguir audiência e bater de frente com concorrentes como o Mais Você e o Hoje em Dia, da Globo e Record, respectivamente. O Chega Mais chega a perder até mesmo para a Band em algumas ocasiões.

O sinal de alerta já foi ligado e a preocupação é grande. A prova disto é que uma mudança na direção já está ocorrendo.

Ariel Jacobowitz tem trabalho à frente do programa para conseguir emplacar números positivos. Inclusive, até junho, ele fará jornada dupla, dividindo o Chega Mais com o Programa Eliana – apresentadora deixará o SBT.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio Almeida
Escrito por

Luiz Fábio Almeida

Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É editor-chefe e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]