Cid Moreira rebate filhos, defende a esposa e garante sanidade

Cid Moreira
Cid Moreira faz vídeo e defende esposa de acusações dos filhos (Imagem: Reprodução / Instagram)

Cid Moreira compartilhou no Instagram um vídeo na última quarta-feira (21) ao lado da esposa, Fátima Moreira, e negou as acusações feitas pelos filhos sobre suposto cárcere privado e demência. “Minha opinião é que sempre prevalece aqui”, afirmou.

Durante o almoço, Fátima e Cid conversaram sobre as polêmicas envolvendo o nome do casal. “Ih, amore mio, o negócio tá feio para mim lá fora, hein…”, começou. O ex-âncora do Jornal Nacional rebateu: “Não sei por quê. Você foi a minha escolhida, né? Estamos juntos”.

Em seguida, o jornalista mandou um recado direto para os filhos e para aqueles que propagaram que ele estava doente e dependente da esposa. “Claro, minha opinião é que sempre prevalece aqui. Eu não aceitaria viver com uma mulher se eu não tivesse essa autoridade”, surpreendeu.

“Opa, isso vai dar DR!”, avisou Fátima. Cid Moreira continuou em tom irônico. “Eu sou o presidente”, disparou aos risos. Falando sério sobre o assunto, a esposa do famoso desabafou:

“Comida fresquinha, tudo feito na hora. Disseram que eu estou fazendo cárcere privado com você, que eu estou te dando alimento ruim. Nossa, eu estou… Claro que triste. Quem em sã consciência não ficaria”.

Fátima mencionou Roger e Rodrigo Moreira indiretamente e explicou que “a história dos meninos é tão longa” que “não se fala em capítulos”. “E cada um tem o seu drama, vocês têm as suas histórias aí para resolver, não é mesmo? Puxa vida, não sei mais o que dizer”, manifestou.

Briga familiar

Rodrigo Radenzev Simões Moreira e Roger Moreira, filhos de Cid Moreira, entraram com uma ação de interdição no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Eles abriram um inquérito no Ministério Público com o pedido de prisão preventiva contra Fátima, esposa do veterano. Eles alegam que a madrasta está transferindo os bens do famoso para seu nome.

“Os dois filhos do Cid Moreia me procuram porque estão preocupados com o pai. O pai está passando por um momento muito difícil. Ele tem 93 anos e a impressão que dá é que ele está sendo usado”, disse o advogado Ângelo Carbone à colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Na ação de interdição com tutela de urgência, registrada na Vara de Família e Registro Civil da Comarca de Petrópolis, os herdeiros afirmam que o pai é “pessoa idosa, senil, está vulnerável e que desconhece o que faz e atualmente, não tem condições de administrar seus bens”.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›