CNN Brasil proíbe comentários de funcionários sobre Alexandre Garcia

Alexandre Garcia
Alexandre Garcia não faz mais parte da equipe de comentarista da CNN Brasil (Imagem: Reprodução / CNN Brasil)

Alexandre Garcia saiu da CNN Brasil, mas os comentários a respeito da saída do apresentador continuaram como parte das conversas entre os funcionários da redação e da técnica. A direção, contudo, não gostou nada da situação e impôs uma ordem.

O canal de notícia exigiu dos seus funcionários o fim de qualquer tipo de declaração sobre a situação de Alexandre Garcia na empresa, de acordo com as informações do jornalista Flávio Ricco, do R7.

Demitido na última semana depois de propagar fake news a respeito do tratamento precoce contra a Covid-19, Alexandre Garcia foi defendido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante um evento no Palácio do Planalto.

“Cada vez mais nos preocupamos hoje em dia com liberdade”, disse. Em seguida, ele opinou sobre a situação que ocorreu na CNN Brasil. “Assisti na semana passada a algo estarrecedor. Numa grande rede de televisão, num quadro conhecido como Liberdade de Opinião, um famoso jornalista foi demitido por sua opinião. Não tem coisa mais absurda do que isso. Para onde estamos caminhando?”, questionou.

Garcia defendeu dentro do quadro Liberdade de Opinião o tratamento precoce contra a Covid-19 com remédios sem eficácia comprovada contra a doença. Desta vez, ele surpreendeu até os mais fiéis bolsonaristas e defendeu a operadora Prevent Senior, empresa alvo de investigação da CPI da Pandemia.

“Os tais remédios sem eficácia comprovada salvaram milhares de vidas sendo aplicados imediatamente, mesmo antes do resultado do teste. É na fase 1, na fase 2 às vezes evitam hospitalizações”, disparou.

Elisa Veeck, âncora do Novo Dia, rebateu Alexandre Garcia e saiu em defesa da posição da CNN Brasil: “Reitero sempre para vocês que nos acompanham que as opiniões emitidas pelos comentaristas do quadro não refletem necessariamente a posição da CNN. E mais um acréscimo aqui neste fim do quadro de hoje, a CNN ressalta que não existe um tratamento precoce comprovado cientificamente para prevenir a covid-19. O que a ciência mostra é que a prevenção, com o uso de máscaras e a vacinação, são as únicas maneiras de combater a pandemia”.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›