Com coronavírus, Davi Alcolumbre pode ter infectado jornalistas da CNN

CNN
Davi Alcolumbre deu entrevista à CNN Brasil (Imagem: Reprodução / Twitter)

O senador Davi Alcolumbre anunciou na última quarta-feira (18) que contraiu o coronavírus e já está se tratando contra a doença.

O curioso é que Alcolumbre pode ter se contaminado – ou, em outra hipótese, contaminado outras pessoas – justamente na celebração que marcou a inauguração da CNN no Brasil.

A festividade contou com a presença de mais de 1.300 convidados e chegou a ser criticada por internautas que apontaram uma contradição: enquanto, no vídeo, apresentadores da CNN desaconselhavam aglomerações, na vida real a emissora organizava uma grande festa em um ambiente fechado.

Coincidência? 

Alcolumbre discursou no evento promovido pela CNN, representando o Poder Legislativo do país. Coincidentemente (ou não), o comentarista Caio Coppolla, que esteve presente na mesma solenidade, não pôde comparecer ao Novo Dia, programa no qual atua, justamente por apresentar sintomas semelhantes aos causados pelo COVID-19.

Embora seja impossível precisar quando o senador foi infectado, sua presença em um local fechado no qual concedeu entrevistas, tirou fotos e cumprimentou centenas de pessoas é, certamente, motivo de preocupação para todos os presentes na festa que pode entrar para a história como a primeira gafe protagonizada pela recém-chegada rede de notícias.

Até o momento, a assessoria da CNN Brasil faz questão de frisar: não há qualquer funcionário do canal com coronavírus. 

Arthur Vivaqua é um apaixonado pela TV, e por Cultura em geral. Ele acredita que pequenas coisas podem gerar grandes reflexões. Arthur já foi editor-chefe e repórter especial do RD1, para onde volta como colunista. Fale com ele através do @ArthurVivaqua no Twitter ou no arthurvivaqua@rd1.com.br.

WordPress Lightbox