Com plateia de bolhas e sem papel, Record cria protocolo de segurança para A Fazenda 2020

A Fazenda 2020
Record pretende colocar plateia de A Fazenda 2020 dentro de bolhas para manter distanciamento do coronavírus (Imagem: Ilustração / Record)

Com a decisão de estrear A Fazenda 2020 em meio à pandemia do coronavírus, a Record se cercou de uma série de cuidados para garantir a segurança dos participantes e da equipe.

A emissora criou todo um protocolo para evitar ao máximo o contágio da Covid-19 entre todos os envolvidos. A comunicação por fichas será totalmente extinta. Agora, todas as informações, como instruções de provas, passam a ser feitas por monitores.

A ordem é diminuir ao máximo o contato com o mundo externo, tanto que o momento do anúncio do resultado das roças será feito através de vídeo. Apenas os peões que estarão na berlinda ficarão presentes no palco.

Apenas o eliminado vai encontrar o apresentador Marcos Mion quando deixar o programa. A baia também deve permanecer fechada. A frequência dos abastecimentos dos alimentos perecíveis também será diminuída.

A mudança mais drástica, porém, será a presença das plateias nas eliminações. As pessoas passarão a ficar presentes dentro de bolhas, no set, em segurança, como demonstram ilustrações em 3D divulgadas.

Na última terça-feira (07), os novos peões receberam um comunicado no qual a emissora reforça o pedido para que todos estejam com a agenda livre a partir do dia 15 de agosto.

Os 20 participantes e 4 substitutos serão confinados em um hotel oito dias antes de entrar na sede. A estreia de A Fazenda 2020 foi definida para a primeira quinzena de setembro.