Convidado da Jovem Pan ataca Miriam Leitão: “Defensora de ideias comunistas”

Luiz Fábio Almeida

23/03/2022

Miriam Leitão

Comentarista da Jovem Pan detonou Miriam Leitão (Imagem: Reprodução / Jovem Pan)

O empresário Paulo Figueiredo foi chamado no Pânico, da rádio Jovem Pan, para comentar sobre vários assuntos envolvendo a política brasileira. Num dos momentos da entrevista, ele foi questionado sobre uma mensagem postada por Miriam Leitão que recebeu uma curtida do perfil do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“O lado dela é de guerrilheira comunista. De defensora de ideias comunistas, defensora da censura do presidente Bolsonaro, abertamente. O lado dela é o da esquerda, não tem nuances”, disparou o convidado sobre a jornalista da Globo.

Ele ainda ressaltou: “Militante político travestida de jornalista. Isso não é jornalismo. Ela nem é jornalista de opinião. Ela finge que dá as notícias de forma isenta. Isso é uma impostora”.

Na postagem em questão, Miriam Leitão declarou: “Se você é jovem ou conhece um jovem saiba que tirar o título de eleitor é fácil. Dá pra fazer tudo de forma virtual. O voto dos jovens será decisivo, por isso entre no #RoledasEleicoes”.

A comentarista da Globo, em seu post do último dia 16 de março, porém, não chegou a citar nenhum político ou partido, mas recebeu críticas dos bolsonaristas.

Bolsonaro detona Miriam Leitão e Globo

No começo do ano, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a dar uma entrevista para Jovem Pan News. Em conversa com o programa Pingos nos Is, o político voltou a detonar a Globo e sobrou até para Miriam Leitão.

Tudo aconteceu quando ele comentou sobre um forte artigo da colunista em O Globo, publicado no último dia 6. Na ocasião, a jornalista pediu que o presidente da República seja banido de “Facebook, Twitter e todas as outras redes”.

Bolsonaro reagiu: “Me banir das redes sociais é jogar fora das quatro linhas. O jogo tem que ser realizado dentro das quatro linhas. A gente não pode admitir jogo baixo dessa natureza. Aí não é uma disputa eleitoral dentro do critério democrático. É uma imposição. A gente não pode admitir isso aí”.

“A Miriam acha que tem algum apoio para me banir das redes sociais ou me fazer refém da grande mídia. Se eu dependesse apenas da Globo, eu estaria morto politicamente hoje em dia”, afirmou ele.

Jair Bolsonaro seguiu: “Qual é a acusação contra mim? Que fake news tenho praticado? Quando acontece um equívoco, já aconteceu, a gente se retrata no dia seguinte, coisa que não acontece na Globo, com essa comentarista econômica, Miriam Leitão”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio Almeida
Escrito por

Luiz Fábio Almeida

Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É editor-chefe e colunista do RD1, onde escreve sobre TV, Audiências da TV e Streaming. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]